Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Papa responde como ficou comissão que estudou ordenação de diaconisas


Por Walter Sánchez Silva

Papa Francisco no avião de regresso da Macedônia do Norte para Roma. Foto: Andrea Gagliarducci / ACI Prensa

Vaticano, 08 Mai. 19 / 10:10 am (ACI).- Na coletiva de imprensa que deu a bordo do avião no qual regressou da Macedônia do Norte para Roma, o Papa Francisco explicou que, depois do estudo da comissão sobre a possibilidade de ordenar diaconisas na Igreja e com o que se avançou nesse grupo de trabalho, “até este momento não vai”.

“Não há certeza de que a delas fosse uma ordenação com a mesma forma e com a mesma finalidade que a ordenação masculina. Alguns dizem: existe a dúvida. Vamos continuar estudando. Mas até este momento não vai”, disse o Santo Padre, respondendo a uma pergunta sobre a comissão que criou em 2016 para analisar o papel das diaconisas na Igreja Católica.

O Santo Padre recordou que, após uma consulta recebida por parte da União Internacional de Superioras Gerais (UISG) em 2016, ordenou a criação de uma comissão de estudo que “trabalhou por quase dois anos. Eram todos diferentes, todos pensavam diferente, mas trabalharam juntos e se colocaram de acordo até um certo ponto”.

Entretanto, indicou, “cada um deles, depois, tem a própria visão, que não concorda com a dos outros e ali pararam como Comissão”.

Além disso, o Papa Francisco disse que, “sobre o diaconato feminino: há uma maneira de concebê-lo não com a mesma visão do diaconato masculino. Por exemplo, as fórmulas de ordenação diaconal encontradas até agora não são as mesmas para a ordenação do diácono masculino, e se assemelham ao que seria hoje a bênção abacial de uma abadessa”.

Isso, explicou o Santo Padre, “é o resultado. Outros dizem que ‘não, esta é uma fórmula diaconal’... Havia diaconisas no começo. Mas a delas era uma ordenação sacramental ou não? Isso se discuto e não se vê claramente”.

Francisco recordou que, no passado, as diaconisas ajudavam em alguns sacramentos como o batismo de mulheres e “eram chamadas pelo bispo quando havia uma disputa matrimonial pela dissolução do matrimônio. As diaconisas eram enviadas para observar as contusões do corpo da mulher espancada pelo marido”.

O Papa também referiu que “alguns teólogos, há 30 anos, diziam que não havia diaconisas porque as mulheres estavam em segundo plano na Igreja, e não somente na Igreja. Mas é curioso: naquela época havia tantas sacerdotisas pagãs”.

Disse que “o sacerdócio feminino nos cultos pagãos estava na ordem do dia. Estamos neste ponto e cada um dos membros está estudando sua tese”, concluiu.

A comissão para o estudo das diaconisas na Igreja

Em 2 de agosto de 2016, cumprindo sua promessa de 12 de maio daquele mesmo ano de analisar o papel das diaconisas nos primeiros anos da Igreja, a Santa Sé informou que o Papa decidiu criar uma comissão de estudo “sobre o diaconato das mulheres”, presidida pelo então secretário da Congregação para a Doutrina da Fé, Dom Luis Francisco Ladaria Ferrer.

Em 12 de maio de 2016, durante o encontro com as participantes da Assembleia Plenária das Superioras Gerais (UISG), foi perguntado ao Pontífice o que impedia a Igreja de “incluir mulheres entre os diáconos permanentes, como ocorria na Igreja primitiva” e por que “não criar uma comissão oficial que pudesse estudar o tema”.

Na comissão, além de Dom Ladaria, participaram diferentes especialistas, entre os quais várias mulheres como Ir. Nuria Calduch-Benages, membro da Pontifícia Comissão Bíblica; Francesca Cocchini, docente da Universidade “La Sapienza” e do Instituto Patrístico “Augustinianum” de Roma; Ir. Mary Melone, reitora magnífica da Pontifícia Universidade “Antonianum” de Roma; Marianne Schlosser, docente de Teologia espiritual na Universidade de Viena e membro da Comissão Teológica Internacional; Michelina Tenace, docente de Teologia fundamental na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma; e Phyllis Zagano, docente na “Hofstra University” em Hempstead, Nova York (Estados Unidos).

Fonte: ACI digital

Comentários

Postagens Mais Visitadas do Mês

Postagens mais visitadas

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Nas postagens antigas há diversas orações, do antigo programa de rádio Momento de Fé do Padre Marcelo Rossi.

Todas estão no Marcador "Orações-Momento de Fé".

Este Blog não é do Padre Marcelo Rossi; para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele :

1) Padre Marcelo Rossi


2) Facebook Padre Marcelo Rossi


Obrigada - Adriana dos Anjos/Devoção e Fé Blog