Por que o Domingo é o Dia do Senhor? - Devoção e Fé - Blog Católico

domingo, 19 de agosto de 2012

Por que o Domingo é o Dia do Senhor?

“Um Domingo sem Missa é uma semana sem Deus”. 
(São João Maria Vianey)

O que é o "domingo"?
"Domingo" é uma palavra portuguesa que vem do latim. Significa "Dia do Senhor". O domingo é o primeiro dia da semana, dia da Ressurreição do Senhor (ver Jo 20,1). O domingo suplantou o sábado, o sétimo dia da semana, agora, depois da Ressurreição do Senhor, apenas "sombra das coisas que deviam vir" (Cl 2,16.17).
No Novo Testamento, para os cristãos, o domingo é o Dia do Senhor, o primeiro da semana, o dia principal da celebração litúrgica, o dia também da alegria, do repouso, da família, um dia, enfim, particularmente apropriado para o estudo da Palavra de Deus e para o exercício da caridade cristã.

Onde se celebra a liturgia?
No templo de "pedras vivas" que somos nós, edificados em Igreja sobre a Pedra fundamental, o Cristo (ver 1Pd 2,5).
Como precisamos de lugares para nos reunir, preferimos, quanto possível, fazê-lo em locais amplos e belos, conforme a palavra do Senhor Jesus a seus discípulos, mandando-os providenciar "uma sala grande e ornada"! (Lc 22,11-13) para a Última Ceia. Chamamos estes edifícios de "igrejas".
A Igreja "matriz" é a Igreja "mãe" da paróquia. A Igreja "catedral" é a Igreja onde o Bispo da Igreja local tem a sua "cátedra" ou "cadeira" como responsável pela evangelização e pela doutrina.
"Basílica" é uma Igreja especialmente querida por suas proporções e sua beleza, como, no Brasil, a Basílica de Aparecida. Chamamos de "santuário" uma Igreja muito procurada pelos fiéis em peregrinação, como os  santuários de Fátima ou de Lourdes.
"Capela" é uma Igreja pequena. Seu nome vem de "pequena capa", e sua origem é uma igrejinha na França antiga, onde se venerou uma capa que São Martinho dividira com um pobre. Assim, outras igrejinhas semelhantes passaram a se chamar "capelas".

A liturgia pode ser modificada?
A liturgia tem partes de instituição divina, ligadas aos gestos e às palavras do Senhor Jesus, que a Igreja deve guardar e transmitir tal como recebeu (ver Cor11,23-24). Assim, por exemplo, a Ceia do Senhor, a Eucaristia, só pode ser celebrada com "pão" e com suco da videira (vinho ou suco de "uva"); o Batismo com "água" etc. Há outras coisas, porém, como as vestes, as cores, os ornatos, os cantos, a língua das orações etc. que podem e até devem ser mudadas sabiamente, para ajudar melhor aos fiéis de diversos tempos e culturas.

Catecismo Católico Bíblico.
Pe. Paiva, SJ 
****************
 
Domingo é o Dia do Senhor - na Bíblia:
“No primeiro dia que se seguia ao sábado, Maria Madalena foi ao sepulcro, de manha cedo, quando ainda estava escuro. Viu a pedra removida do sepulcro.”  (João 20,1)

“No primeiro dia da semana, muito cedo, dirigiram-se ao sepulcro com os aromas que haviam preparado. Acharam a pedra removida longe da abertura do sepulcro. Entraram, mas não encontraram o corpo do Senhor Jesus.” (Lucas 24, 1-3)

“Chegando ao dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar.”  (Atos 2,1) (Pentecostes ocorre no domingo)

“Eu, João, vosso irmão e companheiro nas tribulações, na realeza e na paciência em união com Jesus, estava na ilha de Patmos por causa da palavra de Deus e do testemunho de Jesus. Num domingo, fui arrebatado em êxtase, e ouvi, por trás de mim, voz forte como de trombeta.”       (Apocalipse 1, 9-10)

A História registra que os católicos sempre guardaram o Domingo como o Dia do Senhor. Há registros exatos dessa prática no ano 70 da nossa era.


A celebração da Eucaristia é a reunião da família de Deus. E toda família que quer manter os laços de afeto e solidariedade se reúne sempre. Se a Igreja deseja ser uma comunidade, não pode renunciar a estes encontros. À medida que valorizar a sua presença à Igreja, você vai perceber a importância da participação na Eucaristia dominical.

Para Saber Mais: 
http://www.acidigital.com/apologetica/diasenhor.htm



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé