Santa Mãe de Deus-Tempo do Natal (Ano A) - Devoção e Fé - Blog Católico

domingo, 1 de janeiro de 2017

Santa Mãe de Deus-Tempo do Natal (Ano A)

Santa Mãe de Deus

Tempo do Natal

Evangelho de Lucas 2,16-21
16. Foram com grande pressa e acharam Maria e José, e o menino deitado na manjedoura.
17. Vendo-o, contaram o que se lhes havia dito a respeito deste menino.
18. Todos os que os ouviam admiravam-se das coisas que lhes contavam os pastores.
19. Maria conservava todas estas palavras, meditando-as no seu coração.
20. Voltaram os pastores, glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham ouvido e visto, e que estava de acordo com o que lhes fora dito.
21. Completados que foram os oito dias para ser circuncidado o menino, foi-lhe posto o nome de Jesus, como lhe tinha chamado o anjo, antes de ser concebido no seio materno.

Reflexão

O nascimento de João foi festejado por parentes e amigos na casa de Isabel e Zacarias, cujo cântico dizia que o menino vinha anunciar o cumprimento das promessas divinas. Nenhuma festa familiar quando Jesus nasceu. O significado de seu nascimento, porém é anunciado por pastores pobres e anjos de luz. Lucas deixa claro que o menino de Belém é Salvador e Senhor. Não é apenas um profeta que anuncia a salvação: ele é a Salvação, é o Senhor que tem em si todo o poder. Ele é bondade de Deus que, por amor, quer trazer-nos a paz, a plenitude de todos os bens. Os pastores voltaram alegres e felizes, dando glória a Deus, e anunciando a todos o que tinham ouvido e o que tinham experimentado. Se Jesus é tudo isso para nós, não podemos deixar de o anunciar a todos.

Oração

Senhor Jesus, sois importante para mim, porque não apenas me ensinais um caminho de vida, mas o tornais possível para mim. Sois o Criador do universo, mas quisestes viver conosco, nas limitações de nossa vida humana. Sendo Deus, vós vos fizestes um de nós, vivestes nossa vida para que possamos viver de vossa vida divina. Mesmo nascendo como criança, sois o Senhor de tudo, sois a razão de ser de todas as coisas, sois quem dá sentido e finalidade a nossa existência. Eu vos adoro e vos reconheço como meu Deus. Aceito o amor que me ofereceis, e a paz que tornais possível para todos nós, isso me faz alegre e interiormente satisfeito, ainda que continue enfrentando dificuldades e trabalhos. quero, como aqueles pastores, anunciar a todos vossa bondade. Amém.

Fonte: Revista de Aparecida (janeiro/2016)



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé