Piedade De Mim Que Sou Pecador-30° Domingo do Tempo Comum (Ano C) - Devoção e Fé - Blog Católico

domingo, 23 de outubro de 2016

Piedade De Mim Que Sou Pecador-30° Domingo do Tempo Comum (Ano C)

Piedade De Mim Que Sou Pecador

30° Domingo do Tempo Comum

Evangelho de Lucas 18,9-14
9.Jesus lhes disse ainda esta parábola a respeito de alguns que se vangloriavam como se fossem justos, e desprezavam os outros:
10.Subiram dois homens ao templo para orar. Um era fariseu; o outro, publicano.
11.O fariseu, em pé, orava no seu interior desta forma: Graças te dou, ó Deus, que não sou como os demais homens: ladrões, injustos e adúlteros; nem como o publicano que está ali.
12.Jejuo duas vezes na semana e pago o dízimo de todos os meus lucros.
13.O publicano, porém, mantendo-se à distância, não ousava sequer levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem piedade de mim, que sou pecador!
14.Digo-vos: este voltou para casa justificado, e não o outro. Pois todo o que se exaltar será humilhado, e quem se humilhar será exaltado.

Reflexão

A oração é um meio de chegarmos até Deus, apresentar nossos maiores sofrimentos e pecados, nos despojar diante dele. A liturgia de hoje demonstra que Deus tem uma certa preferência pelos fracos, pobres e humildes porque esses, em suas orações, abrem o coração e estão mais disponíveis para acolher o dom de Deus, a conversão e a salvação. Isso é o que nos ensina o Evangelho de hoje. Ele nos apresenta qual deve ser a nossa atitude perante Deus que despreza a oração e a atitude dos orgulhosos, dos que se exaltam, dos que confiam somente em si mesmos, desprezando os outros. Ensina-nos, então, a sermos humildes diante de Deus. É esta atitude de uma pessoa pobre, simples e humilde que devemos ter para nos aproximar de Deus e receber sempre o Seu favor. (1)

Oração

Senhor meus Deus, já aprendi que não posso confiar em mim, apelar para méritos, imaginar que basto a mim mesmo. A vida me ensinou, e vós me iluminastes para aprender a lição: sem vós não vou longe, aliás, nem começo a caminhar. Reconheço minha fraqueza, minhas limitações, minha pobreza, e mais ainda meu pecado. Perdoai-me, Senhor, por misericórdia. Olhai para mim; preciso de vossa ajuda para afastar-me do mal, para purificar meu coração, para ter forças para o bem. Vós me amais tanto, apesar de eu não o merecer. Fazei que eu não seja ingrato a tanto amor, mas que afinal vos coloque em primeiro lugar na minha vida. E dai-me a perseverança, para que não desanime, apesar de minhas quedas. Amém. (2)

Fonte: Revista O Mílite (outubro/2016) [1]
Revista de Aparecida (outubro/2016) [2]



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé