sábado, 15 de outubro de 2016

Papa Francisco aos avós: cada estação da existência é um dom de Deus


Cidade do Vaticano (RV) 15/10/2016 – O Papa Francisco recebeu no final da manhã deste sábado, na Sala Paulo VI, no Vaticano, cerca de 7 mil avôs e avós. Um evento organizado pela “Senior Italia Federanziani”, junto com a Anla Onlus, Associação Nacional Trabalhadores Idosos, e com a colaboração de muitas associações da terceira idade. Participaram avós em representação de um mundo, “o dos idosos”, muitas vezes marginalizado.

O encontro com o Papa Francisco representou o ápice e o encerramento da Festa dos Avós 2016, organizada pela “Fundação Senior Italia à qual aderiu a Anla Onlus: com grande entusiasmo chegaram a Roma de todas as partes da Itália e também do exterior, com o convite do Papa a “não parar de remar” porque “precisamos dos sonhos dos avós, e de escutar esses sonhos”, disse um dos organizadores.

Festa dos Avós

No seu discurso aos presentes o Papa Francisco expressou a sua alegria em poder viver junto com eles este dia de reflexão e oração, inserido no contexto da Festa dos Avós. Manifesto o meu apreço – disse o Santo Padre - aos que enfrentaram dificuldades e desconforto para estar aqui neste encontro; e ao mesmo tempo estou próximo a todas as pessoas idosas, sozinhas e doentes, que não puderam sair de casa, mas que se unem a nós espiritualmente.

“A Igreja olha para as pessoas idosas com afeto, reconhecimento e grande estima. Elas são parte essencial da comunidade cristã e da sociedade, em particular representam as raízes e a memória de um povo. Vocês são uma presença importante, porque a sua experiência constitui um tesouro precioso, indispensável para olhar o futuro com esperança e responsabilidade. A sua maturidade e sabedoria, acumuladas nos anos, podem ajudar os mais jovens, sustentá-los no caminho do crescimento e da abertura ao futuro, na busca de seu caminho”.

Nunca se deve perder a confiança em Deus

Os idosos, de fato, - continuou o Papa - testemunham que, também nas provações mais difíceis, nunca se deve perder a confiança em Deus e no futuro melhor. Eles são como árvores que continuam dando frutos: Não obstante o peso dos anos, podem dar sua contribuição original por uma sociedade rica de valores e por uma afirmação da cultura da vida.

O Papa Francisco recordou que não são poucos os idosos que dedicam o seu tempo e seus talentos que Deus lhes deu, abrindo-se à ajuda e apoio aos outros. E o que dizer de seu papel no âmbito familiar?

“Quantos avós cuidam dos netos, transmitindo com simplicidade aos pequenos a experiência de vida, os valores espirituais e culturais de uma comunidade e de um povo! Nos países que sofreram uma grave perseguição religiosa, foram os avós que transmitiram a fé às novas gerações, conduzindo as crianças a receberem o Batismo num contexto de clandestinidade sofrida”.

Testemunhar os valores

Em um mundo como o atual, em que a força e aparência se tornam muitas vezes um mito, vocês têm a missão de testemunhar os valores que realmente contam e que permanecem para sempre, porque estão inscritos no coração de cada ser humano e são garantidos pela Palavra de Deus.

Como pessoas da terceira idade, vocês, ou melhor, nós, - disse Francisco -, porque eu também faço parte dessa categoria, somos chamados a trabalhar por um desenvolvimento da cultura da vida, testemunhando que cada estação da existência é um dom de Deus e tem a sua beleza e a importância mesmo se marcadas por fragilidades.

O Papa agradeceu ao Senhor pelas muitas pessoas e estruturas que se dedicam cotidianamente no serviço aos idosos, para favorecer contextos humanos adequados, em que cada um possa viver dignamente esta etapa importante da própria vida.

As instituições e as várias realidades sociais podem fazer ainda muito para ajudar os idosos e para fazer isso, é preciso combater a cultura nociva do descarte, que marginaliza os idosos, considerando-os improdutivos.

Testemunhar os valores com coragem

É importante também – acrescentou -, favorecer a ligação entre as gerações. O futuro de um povo requer o encontro entre jovens e idosos: os jovens são a vitalidade de um povo a caminho e os idosos reforçam esta vitalidade com a memória e a sabedoria.

“Queridos avôs e queridas avós, obrigado pelo exemplo que vocês oferecem de amor, dedicação e sabedoria. Continuem testemunhando com coragem esses valores! Que não falte para a sociedade o seu sorriso e o brilho bonito de seus olhos! Eu os acompanho com a minha oração, e vocês também não se esqueçam de rezar por mim”.

O encontro com o Papa Francisco na Sala Paulo VI foi precedido por um espetáculo, durante o qual os protagonistas foram os próprios avós que contaram o que eles fazem todos os dias e, sobretudo, quanto bem os idosos fazem à coletividade. (SP)

Fonte: Radio Vaticano



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Irmãos e irmãs de fé. Paz e Bem!
Nosso único mestre e senhor é Jesus Cristo, nossa mãe no céu a Santíssima Virgem Maria, por isso, comentários desrespeitosos e orações que não condizem com a Igreja Católica Apostólica Romana não serão publicadas.

Que Deus vos abençoe, que Nosso Senhor Jesus Cristo lhes conceda a graça da cura, da resolução dos problemas, a paz e tudo que seu coração aflito suplicar. Tenha Fé e persevere na Oração, pois o Tempo de Deus é diferente do nosso. Deixe o amor de Nosso Senhor tocar sua vida.
Que Nossa Santíssima Mãe vos cubra com o manto de amor e proteção. Amém.

Adriana dos Anjos - Devoção e Fé Blog

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé