segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Papa Francisco: como preparação para a Páscoa convido a ler as Bem-aventuranças e ler Mateus 25


Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 29/02/2016, Gaudium Press) - Nesta segunda-feira o Papa Francisco voltou a celebrar sua Missa matutina na Capela da Casa Santa Marta.

Como de costume, sua homilia foi inspirada nas leituras do dia.

Elas nos falam da indignação: Naamã, o general sírio leproso indigna o rei de Israel; pede ao profeta Eliseu que o cure, mas não aprecia o modo simples com que esta cura pode acontecer.

Ainda se indignam os moradores de Nazaré diante das palavras de Jesus, seu conterrâneo.

Tudo é como nossa indignação diante do projeto de salvação de Deus que não segue os nossos esquemas. Não é como nós pensamos que seja a salvação, a salvação que todos queremos.

Jesus sente o desprezo dos doutores da Lei que buscavam a salvação na casuística da moral e em tantos preceitos, mas o povo não tinha confiança neles:

Disse o Papa:

"Os saduceus que buscavam a salvação nos compromissos com os poderes do mundo, com o Império... uns com grupos de clérigos, outros com grupos de políticos, procuravam assim a salvação. Mas o povo percebia e não acreditava. Sim, acreditava em Jesus porque tinha ‘autoridade'. Mas por que este desprezo? Porque na nossa imaginação, a salvação deve provir de algo de grande, de majestoso; somente os poderosos nos salvam, aqueles que têm dinheiro, que têm poder: eles podem nos salvar.

E o plano de Deus é outro! Se indignam porque não podem compreender que a salvação vem somente do pequeno, da simplicidade das coisas de Deus".

Preparação para a Páscoa

E Francisco prossegue:

"Quando Jesus faz a proposta do caminho de salvação - prosseguiu o Papa - jamais fala de coisas grandes", mas "de coisas pequenas". São "os dois pilares do Evangelho" que se leem em Mateus, as Bem-aventuranças e, no capítulo 25, o Juízo final, "Vem, vem comigo porque você fez isto":

"Coisas simples. Você não buscou a salvação ou a esperança no poder, nas negociações... não... fez simplesmente isto. E isto indigna a muitos.

Como preparação à Páscoa, eu os convido - também eu o farei - a ler as Bem-aventuranças e a ler Mateus 25, e pensar e ver se algo disso me indigna, me tira a paz. Porque o desprezo é um luxo que somente os vaidosos, os orgulhosos podem se permitir. Se... no final das Bem-aventuranças, Jesus diz uma palavra que parece... mas por que isso? ‘Bem-aventurado aquele que não se escandaliza comigo', que não despreza isso, que não sente desprezo".

O Papa concluiu sua homilia com as seguintes palavras:

"Fará bem a nós tomar um pouco de tempo - hoje, amanhã - ler as Bem-aventuranças, ler Mateus 25, e ficarmos atentos ao que acontece em nosso coração: se existe desprezo, e pedir a graça ao Senhor para entender que o único caminho da salvação é a ‘loucura da Cruz', ou seja, a aniquilação do Filho de Deus, de Deus, e fazer-se pequeno. Representado, aqui, no banho no Jordão ou na pequena aldeia de Nazaré". (JSG)

Fonte: Gaudium Press



Nesta Quaresma Carismática vamos orar para que possamos juntos vencer esta crise financeira-Pe Marcelo Rossi


Boa noite irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Hoje (29/fevereiro/2016), o Padre Marcelo Rossi continuou a semana de orações com o lema: 
"Nesta Quaresma Carismática, meu irmão, minha irmã, se você está no vermelho, está endividado, creia em Cristo Jesus vai ficar tudo azul!".
Trouxe para vocês seis lindos cartões que o Padre Marcelo colocou no facebook.

Fiquem todos na paz de Deus, uma maravilhosa semana no Amor Ágape de Jesus e no Amor Materno de Nossa Senhora.
Adriana dos Anjos-Devoção e Fé

Mensagem do Padre Marcelo Rossi por E-mail:
AMADOS, MEU IRMÃO, MINHA IRMÃ, SE VOCÊ ESTÁ NO VERMELHO, ESTÁ ENDIVIDADO, CREIA EM CRISTO JESUS VAI FICAR TUDO AZUL! 

domingo - Amados, estamos realizando esta linda Quaresma Carismática, orando agora pela nossa situação financeira. Vamos pedir que DEUS ADENTRE EM NOSSO CORAÇÃO E QUE POSSAMOS ESTABILIZAR NOSSA SITUAÇÃO FINANCEIRA! Nos últimos dias colocamos em oração nesta nossa Quaresma Carismática, nossa situação financeira. Vamos continuar orando por todos que tem algum tipo de dívida e façamos uma oração especial para os que estão com dificuldades de pagar as prestações de suas casas próprias, pois nada é mais essencial do que um lar para criar sua família. Vamos continuar orando para que TODOS QUE ESTÃO NO VERMELHO, EM CRISTO JESUS FIQUEM SEMORE NO AZUL!

segunda - Vamos seguindo com nossa Quaresma Carismática, enfrentando com coragem o problema financeiro que atinge nosso País e nossas vidas. Vamos pedir que DEUS ADENTRE EM NOSSO CORAÇÃO E QUE POSSAMOS ESTABILIZAR NOSSA SITUAÇÃO FINANCEIRA! Mais uma semana começa e nós vamos renovando nossa força e nossa Fé em Cristo para que possamos juntos vencer esta crise que tanto atrapalha nossas vidas. Vamos continuar nossa Quaresma Carismática, colocando em oração as nossas dívidas, assim como de todos os nossos parentes e amigos, orando especialmente por aqueles que estão com problemas para pagar as prestações de suas casas próprias. Nesta Quaresma, TODOS QUE ESTÃO NO VERMELHO, EM CRISTO JESUS FIQUEM SEMPRE NO AZUL!!

Amados, desça sobre todos vós a bênção de Deus Todo Poderoso em Nome: Do Pai †, e do Filho †, e do Espírito Santo †. Amém! 

"Que a leveza te pegue, Que a paz te alcance, Que a luz te irradie."









***********************

*Facebook Padre Marcelo Rossi:
**Programa Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi: 
Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
**Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do Padre Marcelo Rossi; procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar);
*Site Padre Marcelo Rossi: 




domingo, 28 de fevereiro de 2016

São Davi, rei e profeta


Redação-(Quarta-feira, 17/02/2016, Gaudium Press)- O Rei Davi marcou a História, não só por ter matado Golias, vencido muitas guerras, e sofrido terríveis perseguições de Saul e de seu próprio filho, Absalão. Como uma estrela fulgurante, ele brilha - e brilhará até o fim do mundo - pelos Salmos de sua autoria. Em todas as Santas Missas e na Liturgia das Horas, os Salmos são rezados.

Destaquemos alguns deles a fim de vislumbrarmos as perfeições de Deus, que se refletiram na alma de Davi.

Salmos penitenciais

Os sete Salmos penitenciais têm muita beleza literária e tocam nossas almas. Eles nos ajudam a adquirirmos a compenetração "do esplendor, da dignidade, elevação e nobreza" dos sofrimentos que a Providência nos envia para o bem de nossa alma.

Mas o que é um salmo penitencial?

"Evidentemente, é um canto a Deus no qual o autor exprime a sua penitência. E a penitência pressupõe que ele pecou; que, depois de ter pecado, se arrependeu; e que, uma vez vitorioso nele esse sentimento de arrependimento, ele reflete sobre a falta cometida.

"Nos Salmos penitenciais, como coisa mais importante, o Salmista considera a gravidade de seu pecado, como esse ato ofende a majestade de Deus, e salienta o mal que existe nele." E pede ao Altíssimo perdão e faz um ato de agradecimento pelos favores recebidos.

Um dos mais tocantes Salmos penitenciais é o de número 50, o Miserere. Afirma o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira: "O mundo de hoje, se pudesse ter uma voz coletiva para falar a Deus, deveria dizer o que o Salmo 50 exprime. E, se o dissesse, se converteria."

Profecias de Davi

Além de grande rei, Davi foi profeta. Em seus admiráveis Salmos, ele descreve, com aproximadamente mil anos de antecedência, o Messias esperado. Entre outras profecias, ele previu que Jesus Cristo:

- nasceria da tribo de Judá (cf. Sl 78, 68);

- incutirá pavor nos seus inimigos (cf. Sl 2, 5);

E, quanto à Paixão, Davi profetizou que o Redentor:

- seria traído por um "que comia do meu pão" (Sl 41, 10), isto é, Judas Iscariotes;

- sofreria terrores mortais, ou seja, a Agonia do Horto das Oliveiras (cf. Sl 55, 5);

- seria zombado pelos seus algozes (cf. Sl 22, 8);

- suas mãos e seus pés seriam transpassados (cf. Sl 22, 17);

- seria desnudado e sobre sua túnica lançariam sorte (cf. Sl 22, 19);

- no alto da Cruz, sofreria ardente sede e Lhe dariam vinagre para beber (cf. Sl 69, 22);

- e daria o brado: "Meu Deus, meu Deus, por que Me abandonaste?" (Sl 22, 2);

Até mesmo a Ressurreição de Cristo ele profetizou (cf. Sl 16, 9-10).

Prefigura de Nosso Senhor

Davi não somente profetizou o Messias, mas foi sua prefigura: "Como o Salvador, ele nasce em Belém; ele é predestinado, escolhido, consagrado para ser rei e libertador. Ele acalma os furores de Saul: Jesus aniquilará todo o ódio dos demônios. Davi, armado de uma funda, vence Golias; com sua Cruz, o Salvador dominará satanás."

Perseguido, Davi venceu todos seus inimigos. "Assim Nosso Senhor terminou por triunfar, e enquanto que seu ancestral não recebeu homenagem senão de seus súditos, Ele, vencedor da morte, recolhe as adorações do mundo inteiro."

No meio de suas guerras e vitórias, Davi deu sempre o primeiro lugar à Religião e ao culto a Deus. Proporcionou mais pompa às cerimônias religiosas. Dotado de dons musicais, ele fez da poesia e da música a alma do serviço divino. Quatro mil levitas, divididos por ele em classes e coros diferentes, cantavam as orações nacionais, e sobretudo os Salmos compostos por ele mesmo. Outros acompanhavam esses cantos com a harpa.

Projeto de um Templo grandioso

Davi queria construir um suntuoso Templo para abrigar a Arca da Aliança, e ser lugar onde se oferecesse sacrifícios em honra do Altíssimo. Entretanto, o próprio Deus, através do Profeta Natã, disse a Davi que a construção do Templo seria realizada não por ele, mas por seu filho Salomão.

Varão cheio de Fé, Davi fez tudo quanto lhe era possível para que Salomão logo o construísse. Acumulou "3.000 toneladas de ouro, umas 30.000 toneladas de prata" (I Cr 22, 14), muito bronze, e "toda espécie de pedras preciosas e grande quantidade de mármore" (I Cr 29, 2).

Ele elaborou, com detalhes, o projeto do Templo: o pórtico, os edifícios, os pátios, os candelabros, o altar de incenso, "o carro dos querubins de ouro, que com as asas estendidas cobrem a Arca da Aliança do Senhor" (I Cr 28, 18).

E pouco antes de morrer entregou tudo a Salomão, dizendo-lhe: "Avante, mãos à obra, e o Senhor esteja contigo!" (I Cr 22, 16).

A Igreja Católica coloca-o no catálogo dos santos, e sua festa é comemorada em 29 de dezembro.

São Davi, rogai pela Igreja e para que todos os fiéis tenham o ardente amor de Deus, a fortaleza e a humildade de que fosseis exemplo.

Por Paulo Francisco Martos

(in Noções de História Sagrada (60)

..........................

1 - CORRÊA DE OLIVEIRA, Plinio. "Senhor, não me castigues na tua ira!". In Dr. Plinio, São Paulo, n. 74, maio 2004, p. 14.

2 - Idem. "Tende piedade de mim, ó Deus...". In Dr. Plinio, São Paulo, n. 63, junho 2003, p. 7.

3 - Idem, ibidem, p. 9.

4 - CAULY, Eugène Ernest. Cours d'instruction religieuse - Histoire de la Religion et de l'Église.4. ed. Paris: Poussielgue. 1894, p. 103.

5 - Cf. Idem, ibidem. p. 103.

Fonte: Gaudium Press



”O amor antes do mundo”, primeiro livro de um Papa às crianças


Cidade do Vaticano (RV) – O que Deus fazia antes de criar o mundo? O que acontece com nossos familiares depois da morte? Qual é a escolha mais difícil que o Papa teve que fazer na sua missão?”. Estas são algumas das perguntas respondidas pelo Papa Francisco no livro ”O amor antes do mundo”, nas livrarias italianas a partir de 25 de fevereiro. O livro - com as respostas às 31 cartas escritas por crianças de todo o mundo - foi inspirado e desejado pela “Loyola Press”, a Editora da Companhia de Jesus nos Estados Unidos, e realizado graças à interferência do Padre Spadaro SJ, que levou até o Papa as perguntas das crianças e recolheu as respostas. “É bonito responder às perguntas das crianças, mas gostaria de tê-las aqui comigo, todas! Seria belíssimo. Mas sei também que este livro de respostas chegará às mãos de tantas crianças em todo o mundo e fico feliz por isto”, escreveu Francisco.

Sobre a importância desta pequena obra, a Rádio Vaticano entrevistou o Diretor editorial da “Loyola Press”, Padre jesuíta Paul Campbell, Diretor editorial da “Loyola Press”:

“Um grupo de nossos editores estava participando de um encontro e uma das ideias foi: “Não seria maravilhoso se o Santo Padre, o Papa Francisco, escrevesse um livro para as crianças? Sim, seria um ideia maravilhosa, mas como se poderia chegar até o Santo Padre para propor a ele esta ideia?”. Bem, aconteceu. Eu conheço, de fato, o Padre Antonio Spadaro, o Diretor da “Civiltà Cattolica”. E Antônio Spadaro, depois de ter falado com o Papa, nos disse: “O Santo Padre amaria escrever o livro e quer saber quando poderá ter as cartas das crianças". Assim, nós logo começamos o trabalho de recolher as cartas das crianças de todo o mundo. Tínhamos necessidade e queríamos crianças de todo o mundo, quer cristãs ou não”.

RV: O Papa Francisco disse uma vez que as perguntas mais difíceis que lhe haviam sido feitas foram por parte de crianças. É muito interessante esta perspectiva....

“Um dos aspectos que descreve este livro é que “as crianças pequenas tem grandes perguntas”. Ryan do Canadá, não-cristão, pergunta: “O que fazia Deus antes de criar o mundo?”, que é uma pergunta realmente profunda. Luca da Austrália: “A minha mãe morreu, crescerão nela asas de anjos?”. O Santo Padre disse: “As perguntas das crianças levam-nos a grandes questionamentos”. Portanto, sim, são perguntas feitas por crianças pequenas, mas são muito, muito profundas. E o Santo Padre foi muito claro: é terrivelmente difícil responder a estas perguntas!”

RV: Como editor deste livro, na versão em inglês - cujo título é “Dear Pope Francis” – quais são as expectativas, pensando nos leitores adultos e crianças deste livro?

“Esta é a primeira vez que um Papa escreveu um livro para crianças. Mas este não é somente um livro para crianças, porque as crianças fazem perguntas tão profundas. O Santo Padre responde não somente às crianças, mas aos seus pais, aos seus avós e a todos aqueles que as amam. A mensagem do Papa é uma mensagem toda de misericórdia, compaixão, esperança e amor. E no nosso mundo, hoje, cada pessoa tem necessidade de escutar uma mensagem de amor. E a minha esperança para o livro é que a mensagem do Papa alcance o maior número de pessoas possível”. (JE)

Fonte: Radio Vaticano



Penitência-3º Domingo da Quaresma (Ano C)


Penitência

3º Domingo da Quaresma

Evangelho de Lc 13,1-9
1.Neste mesmo tempo contavam alguns o que tinha acontecido a certos galileus, cujo sangue Pilatos misturara com os seus sacrifícios.
2.Jesus toma a palavra e lhes pergunta: Pensais vós que estes galileus foram maiores pecadores do que todos os outros galileus, por terem sido tratados desse modo?
3.Não, digo-vos. Mas se não vos arrependerdes, perecereis todos do mesmo modo.
4.Ou cuidais que aqueles dezoito homens, sobre os quais caiu a torre de Siloé e os matou, foram mais culpados do que todos os demais habitantes de Jerusalém?
5.Não, digo-vos. Mas se não vos arrependerdes, perecereis todos do mesmo modo.
6.Disse-lhes também esta comparação: Um homem havia plantado uma figueira na sua vinha, e, indo buscar fruto, não o achou.
7.Disse ao viticultor: - Eis que três anos há que venho procurando fruto nesta figueira e não o acho. Corta-a; para que ainda ocupa inutilmente o terreno?
8.Mas o viticultor respondeu: - Senhor, deixa-a ainda este ano; eu lhe cavarei em redor e lhe deitarei adubo.
9.Talvez depois disto dê frutos. Caso contrário, cortá-la-ás.
Reflexão

Hoje somos chamados a pensar na nossa atuação em comunidade. Diante de Deus todos somos iguais, o privilégio de Deus é igual para todos. Santos ou pecadores, a Sua misericórdia se estende sobre cada um de nós. O que devemos fazer é saber exercer com inteligência esta misericórdia. Somos chamados a dar frutos e não a ser estéreis. Se recebemos a misericórdia da parte de Deus, devemos plantá-la. A misericórdia é o fruto mais importante e precisa ocupar o primeiro lugar no coração do cristão. Por isso, coloquemos em prática este fruto dado a cada um de nós pelo próprio Senhor. [1]

Oração

Senhor meu Deus, somos fracos e limitados, sujeitos aos erros, às doenças e aos acidentes. Preciso de vossa ajuda para não pecar, mas preciso também de ajuda para evitar os perigos para minha saúde e a de meus irmãos. Preciso que me ajudeis e ajudeis também os médicos a encontrar os meios e remédios necessários. Aumentai minha confiança em vossa providência, e ensinai-me a ser previdente e cuidadoso no preparo de meu futuro. Diante de tantos males que vejo, preciso que me inspireis a assumir posições corretas na política, para não faltar a minha obrigação de amar o próximo. E não permitais que eu desanime e acabe pensando que não há saída possível. Quando chegar minha hora, espero que encontreis os frutos que esperais de mim. Amém. [2]

Fonte: 
Revista O Mílite (fevereiro/2016) [1]
Revista de Aparecida (fevereiro/2016) [2]



sábado, 27 de fevereiro de 2016

A pornografia mata o amor: impactante testemunho de um famoso ator de Hollywood


Por Walter Sánchez Silva

LOS ANGELES, 25 Fev. 16 / 08:00 pm (ACI).- Terry Crews é um famoso ex-jogador de futebol americano e ator de Hollywood que atuou em diversas produções como “Os Mercenários”, “As Branquelas”, “Norbit”, “Os Reis da Rua”, entre outras. Recentemente, confessou ter sido um viciado em pornografia e contou os estragos que este vício causou em seu matrimônio.

Crews fala disto em uma série de vídeos que publicou em sua conta do Facebook, onde relata que seu vício em pornografia, que manteve durante anos em segredo, “realmente transtornou minha vida de muitas formas”.

“Era meu segredo, ninguém sabia e isso fez com que crescesse e que se tornasse pior”. “Alguns me dizem, ‘ouça irmão, você não pode ser de fato viciado em pornografia. Não tem como’. Porém, vou dizer algo para vocês, se o dia vira noite e você continua assistindo, provavelmente tem um problema. E esse era eu”, relata.

“Não disse a minha esposa, não disse a meus amigos, a ninguém (…)”. Quando sua esposa soube, disse-lhe: “já não sei quem é”. Isso, contou, “me transformou”. Crews venceu seu vício há cerca de seis anos e conta que foi capaz de fazê-lo seguindo uma terapia.

Além disso, este ator pede às mulheres que não tolerem a pornografia em suas relações e conta que agora ajuda outros a superar este problema.

“Mulheres: precisam ser valentes. Precisam confrontar seus homens em relação a este problema”, exorta. “Não podem aceitar a pornografia em suas vidas”, acrescenta.

O ator afirma que “a pornografia muda a maneira como você pensa sobre as pessoas. As pessoas se tornam objetos, partes de um corpo, coisas para ser usadas em vez de pessoas a serem amadas”.

Uma pandemia que destrói e degrada

Em outubro do ano passado e no marco do Sínodo da Família, o Arcebispo da Filadélfia (Estados Unidos), Dom Charles Chaput, explicou que “a pornografia danifica gravemente as famílias porque isola os seus membros criando obsessões sexuais privadas, o que destrói a intimidade entre os esposos com noções de sexo ‘perfeito’, o qual não têm nada a ver com os seres humanos reais”.

O Prelado, que também foi anfitrião do oitavo Encontro Mundial das Famílias que se realizou na Filadélfia no fim de setembro de 2015, explicou que a pornografia “é um terrível engano que rouba a riqueza da amizade sexual duradoura e plena entre os esposos; e a substitui com algo podre que nunca poderá alimentar verdadeiramente o coração humano”.

“A pornografia degrada o melhor do espírito masculino. Transforma os homens em viciados em uma coisa qualquer, enquanto as mulheres verdadeiras, com mentes e corações reais, crenças e esperanças, são muito mais interessantes. A felicidade se constrói a partir da realidade, com seus problemas e alegrias, não sobre ilusões. A pornografia não é mais que simples ilusão”.

Os homens cristãos, continuou, “precisam ter um pouco de cavalheirismo em seus corações. O mundo debocha da pureza, mas um coração e uma mente limpos são a base da valentia de um homem”.

“E os homens que querem ser o que Deus deseja que eles sejam necessitam valentia porque seu trabalho é prover, proteger, ensinar com o exemplo e liderar contrapondo os demais a si mesmos. A pornografia faz com que esqueçam disso”.

Fonte: ACI digital





Nesta Quaresma Carismática, em Cristo Jesus todos que estão no vermelho ficarão no azul-Pe Marcelo Rossi


Boa noite irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Hoje (27/fevereiro/2016), o Padre Marcelo Rossi continuou a semana de orações com o lema: 
"Nesta Quaresma Carismática, meu irmão, minha irmã, se você está no vermelho, está endividado, creia em Cristo Jesus vai ficar tudo azul!".
Trouxe para vocês seis lindos cartões que o Padre Marcelo colocou no facebook.

Fiquem todos na paz de Deus, um abençoado fim de semana no Amor Ágape de Jesus e no Amor Materno de Nossa Senhora.
Adriana dos Anjos-Devoção e Fé

Mensagem do Padre Marcelo Rossi por E-mail:
Amados, vamos tomar muito cuidado para não darmos um passo em falso. Este erro pode nos causar inúmeras preocupações e aí, tudo vira um círculo vicioso, DEUS ADENTRE EM NOSSO CORAÇÃO E QUE POSSAMOS ESTABILIZAR NOSSA SITUAÇÃO FINANCEIRA! 

A Quaresma é um período de sacrifícios, por isso uma boa maneira de nos penitenciarmos, é sacrificar alguns de nossos gastos. Se que pensar em comprar algo, compre menos, quando você perceber que esta ficando preocupado, pare, tire um tempo para você e ore, assim TODOS QUE ESTÃO NO VERMELHO, EM CRISTO JESUS FICARÃO NO AZUL!!

Amados, desça sobre todos vós a bênção de Deus Todo Poderoso em Nome: Do Pai †, e do Filho †, e do Espírito Santo †. Amém! 

"Humildade é uma sabedoria de poucos, que promove a alegria desejada por muitos."








***********************

*Facebook Padre Marcelo Rossi:
**Programa Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi: 
Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
**Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do Padre Marcelo Rossi; procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar);
*Site Padre Marcelo Rossi: 




sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Mais uma vez intacta: telhado de capela desaba e imagem de Nossa Senhora não cai


SÃO PAULO, 25 Fev. 16 / 01:30 pm (ACI).- No mesmo dia em que uma imagem de Nossa Senhora Aparecida foi encontrada intacta após um incêndio em Dracena (SP), em outra cidade do interior paulista, os moradores também ficaram impressionados com um incidente do qual apenas a estátua da padroeira do Brasil saiu ilesa.

O fato aconteceu em Assis (SP), onde o telhado da Capela do Centro Comunitário Santa Edwiges desabou na segunda-feira, 22. No meio de telhas e estruturas de ferro que destruíram o espaço, sobressaiu a imagem da Virgem Aparecida, a qual permaneceu erguida no altar sem sofrer qualquer dano pelo incidente.

Conforme o zelador do Centro Comunitário, Silvério Gandolfo Neto, contou ao site G1, as demais imagens que estavam no local quebraram e a única que resistiu foi a de Nossa Senhora Aparecida.

“Emociona porque a gente é católico e tem fé”, expressou o zelador.

A capela recebe Missas aos domingos e encontros de Catequese aos sábados. A última Missa aconteceu no dia 21 e no momento do desabamento não havia ninguém no local o que, para os moradores, também foi um milagre, pois evitou que houvesse vítimas.

O espaço que tem capacidade para 500 pessoas foi construído há 15 anos com a colaboração da comunidade. Silvério Gandolfo relembrou que no princípio iam de casa em casa pedindo doações, eram realizadas festas, tudo para arrecadar os recursos para a construção. “Foi uma luta para fazer esse barracão, essa igreja”, disse.

O ocorrido, porém, não desanimou a população que novamente pela fé se unirá para reerguer o templo. “Nós não adoramos imagem, mas nós sabemos que Nossa Senhora, Mãe de Jesus, está com a gente nessa luta”, afirmou a aposentada Florinda Gandolfo ao portal de notícias.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o desabamento do telhado pode ter sido causado por conta de um abalo na estrutura do local, causado pela umidade das chuvas.

O subtenente Antônio Carlos explicou que teria ocorrido uma movimentação do terreno por causa do alto volume de chuvas, o que levou as vigas e colunas do prédio a cederem, levando ao desmoronamento. (Fonte: ACI digital)


Imagem de Nossa Senhora Aparecida fica intacta 
em meio a um incêndio

Por Natalia Zimbrão

SÃO PAULO, 23 Fev. 16 / 12:30 pm (ACI).- Uma casa em Dracena (SP) foi destruída por um incêndio na segunda-feira, 22. Mas, em meio às cinzas e aos materiais queimados, uma cena comoveu o bombeiro que atuou na ocorrência e logo teve grande circulação na internet: uma imagem de Nossa Senhora Aparecida que ficou intacta.

O caso aconteceu na manhã de ontem em uma residência antiga e não houve nenhuma vítima.

Porém, o que mais chamou a atenção foi o fato de a imagem da Virgem de Aparecida resistir às altas temperaturas. O bombeiro Anderson Batista, que trabalhou com sua equipe para aplacar o incêndio, ao entrar na casa, ficou impressionado e compartilhou a cena que o surpreendeu em seu Facebook.

“Logo após a extinção o bombeiro faz o trabalho de rescaldo e quando entrei no quarto encontrei a imagem de Nossa Senhora Aparecida intacta, sem nenhum trinco e muitos menos derretida”, postou o bombeiro.

Para Anderson Batista, foi realmente “um milagre, pois a temperatura era muito alta para uma simples imagem resistir”. (Fonte: ACI digital)





Nesta Quaresma Carismática, que Deus nos dê sabedoria para controlarmos a situação financeira-Pe Marcelo Rossi


Boa noite irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Hoje (26/fevereiro/2016), o Padre Marcelo Rossi continuou a semana de orações com o lema: 
"Nesta Quaresma Carismática, meu irmão, minha irmã, se você está no vermelho, está endividado, creia em Cristo Jesus vai ficar tudo azul!".
Trouxe para vocês seis lindos cartões que o Padre Marcelo colocou no facebook.

Fiquem todos na paz de Deus, um abençoado fim de semana no Amor Ágape de Jesus e no Amor Materno de Nossa Senhora.
Adriana dos Anjos-Devoção e Fé

Mensagem do Padre Marcelo Rossi por E-mail:
Amados, nesta Quaresma carismática, façamos uma reflexão sobre todas as nossas ações, vamos orar para que DEUS ADENTRE EM NOSSO CORAÇÃO E QUE POSSAMOS ESTABILIZAR NOSSA SITUAÇÃO FINANCEIRA! 

Vamos pedir que neste período de transformação, Deus nos dê a mais profunda sabedoria para controlarmos corretamente nossas finanças. Atravessamos uma situação difícil, por isso mais do que nunca, precisamos pedir que Jesus ilumine cada um de nossos gastos. Famílias estão enxugando suas despesas. Empresas estão reduzindo seu quadro de funcionários, por isso vamos tomar muito cuidado e com Fé e perseverança, TODOS QUE ESTÃO NO VERMELHO, EM CRISTO JESUS FICARÃO NO AZUL!!

Amados, desça sobre todos vós a bênção de Deus Todo Poderoso em Nome: Do Pai †, e do Filho †, e do Espírito Santo †. Amém! 

"Afaste de si o veneno da lisonja. Não creia naqueles que o elogiam sem motivo. Prefira ouvir uma crítica honesta, a um galanteio vazio. A crítica aos nossos atos poderá trazer-nos o alerta de que necessitamos para corrigir-nos. O elogio fácil nos amolece e ilude. E nada existe de mais frágil que uma criatura iludida a seu próprio respeito."








***********************

*Facebook Padre Marcelo Rossi:
**Programa Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi: 
Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
**Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do Padre Marcelo Rossi; procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar);
*Site Padre Marcelo Rossi: 




quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Nesta Quaresma Carismática, que Deus nos ajude a controlar nossas finanças-Pe Marcelo Rossi


Boa noite irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Hoje (25/fevereiro/2016), o Padre Marcelo Rossi continuou a semana de orações com o lema: 
"Nesta Quaresma Carismática, meu irmão, minha irmã, se você está no vermelho, está endividado, creia em Cristo Jesus vai ficar tudo azul!".
Trouxe para vocês cinco lindos cartões que o Padre Marcelo colocou no facebook.

Fiquem todos na paz de Deus, uma abençoada semana no Amor Ágape de Jesus e no Amor Materno de Nossa Senhora.
Adriana dos Anjos-Devoção e Fé

Mensagem do Padre Marcelo Rossi por E-mail:
AMADOS, MEU IRMÃO, MINHA IRMÃ, SE VOCÊ ESTÁ NO VERMELHO, ESTÁ ENDIVIDADO, CREIA EM CRISTO JESUS VAI FICAR TUDO AZUL!! 

Uma situação financeira desorganizada, faz com que muitas coisas se percam em nosso redor, por isso peça que DEUS ADENTRE EM NOSSO CORAÇÃO E QUE POSSAMOS ESTABILIZAR NOSSA SITUAÇÃO FINANCEIRA! Devemos ficar muito atentos a nossa situação econômica, porque manter o controle das nossas finanças pessoais, é o primeiro passo para dar uma ordem à toda nossa vida. Equilibrar de vez suas despesas é o que te faz ter segurança no futuro e realizar seus sonhos, assim vamos orar e TODOS QUE ESTÃO NO VERMELHO, EM CRISTO JESUS FICARÃO NO AZUL!!

Amados, desça sobre todos vós a bênção de Deus Todo Poderoso em Nome: Do Pai †, e do Filho †, e do Espírito Santo †. Amém! 

"Entendi que não se conhece um ser humano pela doçura da voz, pela bondade dos gestos ou pela simplicidade das vestes, mas tão somente quando se lhe dá poder e dinheiro."







***********************

*Facebook Padre Marcelo Rossi:
**Programa Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi: 
Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
**Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do Padre Marcelo Rossi; procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar);
*Site Padre Marcelo Rossi: 




quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Obras de Misericórdia Corporais-Padre Reginaldo Manzotti


Boa noite irmãos e irmãs. Paz e Bem!
Hoje trouxe para vocês mais uma abençoada mensagem do Padre Reginaldo Manzotti, onde ele explica sobre as obras de misericórdia corporais. Leiam e reflitam.
Adriana dos Anjos-Devoção e Fé

Padre Reginaldo Manzotti - boletim informativo semanal 

Filhos e filhas,

Ter misericórdia não é ter pena de alguém e sim ter compaixão e solidariedade para com a necessidade do outro. Mais do que só dar esmola, é descer até a carência física, espiritual e material da outra pessoa envolvendo-a com nosso ser e elevando-a a dignidade e à vida.

Na mensagem da semana passada, explanei sobre as Obras de Misericórdia Espirituais, lembrando a todos o quanto somos chamados a exercitá-las, principalmente neste tempo da Quaresma e aqui elenco as obras de misericórdia corporais:

- Dar de comer a quem tem fome

Várias vezes, nosso Senhor Jesus Cristo se preocupou com a fome dos que O seguiam (cf. Lc 9, 10-17). Seu mandato ecoa até hoje: “Dai-lhes vós mesmos de comer” (Lc 9, 13).

É urgente e necessário que avancemos em políticas sociais que atinjam a causa da fome, mas enquanto não chegamos ao ideal, exercitemos a partilha no real. “Quem tiver muita roupa partilhe com quem não tem, e faça o mesmo quem tiver alimentos (Lc 3, 11).”

- Dar abrigo aos peregrinos

Jesus foi um desabrigado já em seu nascimento, quando negaram a José e Maria que estava para dar à luz, um lugar na hospedaria (Lc 2,7). Tendo em vista que a realidade dos tempos de Jesus era muito diferente da realidade dos tempos atuais, torna-se complicado, perigoso e é até ingenuidade de nossa parte querer acolher em nossas casas, pedintes ou moradores de rua. Porém, Deus suscita obras de acolhimento na Igreja, através dos padres, religiosos (as), e leigos (as), que nos permite praticar esta obra de misericórdia, com nossa ajuda concreta. Como cidadãos, cristãos, ou enquanto comunidade, somos chamados a contribuir economicamente e voluntariamente nos serviços desta obra.

- Assistir os enfermos

A obra de misericórdia: assistir os doentes começa na família quando se lida com doenças prolongadas e, às vezes irreversíveis. Seja em qualquer idade, e por qualquer problema de saúde, que podem ser, entre tantos: o câncer, as paralisias, a anencefalia, e socorrer sem preconceito os portadores do vírus HIV.

Trata-se também de um trabalho voluntário em hospitais, asilos, e casas de recuperação terapêuticas. Estende-se a uma pastoral urbana que visite e acompanhe aqueles que, nos grandes centros urbanos vivem a dor de sua enfermidade na solidão e no esquecimento.

Muitos se perguntam: o que fazer para um doente gravemente enfermo? A resposta é simples, às vezes nada, apenas “estar” presente junto ao que sofre. Misericórdia e solidariedade é estar perto de quem sofre, mesmo sem entender a extensão do sofrimento, pois o pulsar e o latejar da dor é próprio só de quem está machucado.

- Dar de beber ao sedento

Nosso Mestre Jesus disse: “Todo aquele que der ainda que seja somente um copo de água fresca a um destes pequeninos, porque é meu discípulo, em verdade eu vos digo: não perderá sua recompensa” (Mt 10, 42). Em nossos tempos esta obra de misericórdia parece sem sentido, quando cada um tem água encanada, com facilidade em seus lares. Pensa desta forma quem tem o privilégio de viver longe da seca, e dos desafios de andar, em pleno Século XXI, muitos quilômetros para buscar água em açudes, e em carros pipas, num Brasil de graves contrastes sociais que clama aos céus igualdade de direitos.

Não obstante, Jesus Cristo, nas bem-aventuranças, fala da sede, porém de uma “sede de justiça” (Mt 5, 6). A sede saciada de justiça não seria o saciar a sede real de água, de dignidade e de solidariedade?

- Vestir os nus

O apóstolo Tiago escreveu à comunidade que lhe foi confiada pastorear: “Se a um irmão ou a uma irmã faltarem roupas e o alimento cotidiano, e algum de vós lhes disser: Ide em paz, aquecei-vos e fartai-vos, mas não lhes der o necessário para o corpo, de que lhes aproveitará? Assim também a fé: se não tiver obras, é morta em si mesma. (Tg 2, 15-17).

- Socorrer os prisioneiros

Hoje o acesso nos presídios não é livre, há um certo rigor e triagem para visitas à presidiários. Porém, nossas dioceses ainda são deficientes em se tratando de uma pastoral carcerária efetiva e dinâmica. Devemos sempre ter em mente que os prisioneiros estão privados da liberdade e não da dignidade.

A obra de misericórdia socorrer os prisioneiros, também se estende ao socorro às famílias dos presidiários (as); auxiliando economicamente as que necessitam, e ajudando-as a superarem os preconceitos.

- Enterrar os mortos

O Novo Catecismo da Igreja Católica, assim diz: “Os corpos dos defuntos devem ser tratados com respeito e caridade, na fé e na esperança da ressurreição. O enterro dos mortos é uma obra de misericórdia corporal que honra os filhos de Deus, templos do Espírito Santo” (CIC § 2300).

Acredito seriamente que o velório é muito válido, importante e edificante, tanto para o morto, como para os familiares. Da parte do falecido pelas orações feitas em seu favor, da parte dos familiares pela oportunidade de perdão, conversão e reflexão.

Finalizando esta mensagem partilho algo que me marcou muito na infância. Certo dia, minha mãe na sua simplicidade, disse-me: “filho, Jesus Cristo, às vezes desce do céu e se veste com roupas de mendigo, anda pelas ruas e bate nas casas pedindo esmola. Nunca se desfaça de uma pessoa pobre”. Certamente, para alguns não passará de “lorota”, mas há muito de verdade neste ensinamento. “Tive fome e me deste de comer, tive sede e me deste de beber, era peregrino e me acolheste, nu e me vestiste...” (Mt 25, 35-40).

Deus abençoe,

Padre Reginaldo Manzotti - 24/02/2016



Obras de Misericórdia Espirituais-Padre Reginaldo Manzotti


Boa noite irmãos e irmãs. Paz e Bem!
Hoje trouxe para vocês esta abençoada mensagem do Padre Reginaldo Manzotti, onde ele explica sobre as obras de misericórdia espirituais. Leiam e reflitam.
Adriana dos Anjos-Devoção e Fé

Padre Reginaldo Manzotti - boletim informativo semanal 

Filhos e filhas,

Neste tempo da Quaresma, no Ano Santo Extraordinário da Misericórdia, somos exortados a praticar as Obras de Misericórdia, que bem explico no livro “20 Passos para a paz Interior”. E neste boletim gostaria de falar rapidamente sobre elas.

As obras de misericórdia são quatorze. Sete delas são chamadas de obras de misericórdia corporais, que explanarei na próxima semana e sete espirituais, que são: instruir, aconselhar, consolar, confortar, perdoar, suportar com paciência e rogar pelos vivos e pelos mortos.

- Instruir (ensinar os que não sabem)

Instruir não é simplesmente transmitir conhecimentos, é também corrigir os que erram, doutrinar, ensinar os valores do Evangelho, formar na doutrina e nos bons costumes éticos e morais. Evangelizar é também instruir para a verdade, a luz que vem de Jesus Cristo. À comunidade de Colossenses Paulo diz: “A palavra de Cristo permaneça em vós com toda sua riqueza, de sorte que com toda sabedoria possais instruir e exortar-vos mutuamente” (Col 3, 16a). Lembremos que toda instrução que brota da caridade, oração e paciência gera frutos em abundância.

- Aconselhar (dar bons conselhos aos que necessitam)

Aconselhar é o dom de orientar e ajudar a quem precisa. Jesus nos orientou e aconselhou a não sermos cegos guiando cegos (cf. Mt 15, 14), e também, a primeiro tirarmos a trave do nosso olho, para depois tirar o cisco do olho do irmão (Lc 6, 39). Apesar da força deste conselho e alerta de Jesus, não podemos nos eximir de dar bons conselhos àqueles que necessitam. Reforço, dar bons conselhos e não qualquer conselho. Para que isto aconteça é preciso mergulhar na graça do Espírito Santo, para perceber os sinais de Deus que nos auxiliam na compreensão dos fatos e discernimento da vida.

- Consolar (Aliviar o sofrimento dos aflitos)

Nosso Senhor Jesus Cristo deu-nos muitos exemplos de consolação, lembremos principalmente, seu empenho em consolar Marta e Maria na morte de Lázaro (Jo 11, 19). A atitude de consolar apresentada como uma obra de misericórdia, mais do que nunca, torna-se uma virtude cristã a ser exercitada no cotidiano. Exercitar os olhos para as tragédias alheias; aguçar os ouvidos para escutar os soluços dos que sofrem; oferecer o ombro para deixar reclinar quem chora; estender a mão para levantar quem tropeça e cai. Hoje consolamos, amanhã seremos consolados.

- Confortar (Fortalecer os angustiados e abatidos)

Deus conforta os humildes (2Cor 7, 6). Também assim devemos agir, aperfeiçoando nossas virtudes. O próprio Jesus, no Getsêmani passou por momentos de angústias (Mt 26, 37ss), e foi confortado por um anjo do céu (Lc 22, 43).

Atualmente o desânimo e a angústia têm minado a vida de muitas pessoas, abatendo-as e levando-as até um estado de depressão. É nosso dever cristão confortar os que necessitam. E confortar não significa apenas dar o que é material ou simplesmente tentar fazê-los esquecer do motivo de seu desânimo, mas estar ao lado deles em seu desânimo, tornando esses momentos mais amenos, revigorando-os na fé. Coloquemo-nos à disposição do Espírito Santo de Deus, para que Ele nos inspire e nos use para confortar aqueles que precisam.

- Perdoar (as injustiças de boa vontade)

O perdão é uma exigência do Evangelho e uma condição para entrar no Reino. Jesus nos dá essa lição ao ensinar a oração do Pai Nosso: “Se perdoardes aos homens as suas ofensas, vosso Pai celeste também vos perdoará. Mas se não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai vos perdoará” (Mt 6, 14-15). Se nós não perdoamos, impedimos que o perdão de Deus chegue a nós.

Pedir perdão a Deus é fácil, mas conceder o perdão aos outros na maioria das vezes é difícil e agimos como o servo mau que foi perdoado no muito que devia e não soube perdoar seu próximo no pouco que lhe era devido (Mt 18, 23-35). Negar o perdão nos leva um ato de injustiça com Deus, conosco e com os irmãos.

- Suportar com paciência (as adversidades e fraquezas do próximo)

Esta obra espiritual nos exorta a suportar com paciência os que estão próximos a nós, com todas as suas limitações, fraquezas, defeitos, adversidades e misérias. Isto não quer dizer que devemos nos omitir de orientar, encorajar, oferecer oportunidades e servir de suporte, para que, essas limitações e fraquezas sejam superadas.

São Pedro nos diz: “Que mérito teria alguém se suportasse pacientemente os açoites por ter praticado o mal? Ao contrário, se é por ter feito o bem que sois maltratados, e se o suportardes pacientemente, isto é coisa agradável aos olhos de Deus” (1Pd 2, 20). Sejamos acolhedores e pacientes com todos.

- Rogar a Deus pelos vivos e pelos mortos

Na oração sacerdotal Jesus rogou a Deus pelos seus e por todos que em todos os tempos viriam a ser seus discípulos, isto é por todos nós (Jo 17). Através desta obra de misericórdia espiritual, somos exortados a rezar pela humanidade, rezar por aqueles que nem conhecemos; rezar pela reparação e expiação dos pecados do mundo; pela conversão dos pecadores; pelo Papa e ministros ordenados que conduzem a Igreja de Deus; pelas vocações sacerdotais e leigas; pelas autoridades; pelos que sofrem e pelos que se recomendam às orações.

Rezar pelas almas é o melhor meio de salvar a nossa, pois como nos ensinou Santo Ambrósio Tudo o que damos por caridade às almas do Purgatório converte-se em graças para nós, e, após a morte, encontramos o seu valor centuplicado.

Que as obras de misericórdia nos ajudem a sermos mais perfeitos e assim construirmos um mundo novo e bem melhor.

Deus abençoe,

Padre Reginaldo Manzotti - 17/02/2016



Nesta Quaresma Carismática, que Deus adentre nosso coração e que a situação financeira seja estabilizada-Pe Marcelo Rossi


Boa noite irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Hoje (24/fevereiro/2016), o Padre Marcelo Rossi continuou a semana de orações com o lema: 
"Nesta Quaresma Carismática, meu irmão, minha irmã, se você está no vermelho, está endividado, creia em Cristo Jesus vai ficar tudo azul!".
Trouxe para vocês seis lindos cartões que o Padre Marcelo colocou no facebook.

Fiquem todos na paz de Deus, uma abençoada semana no Amor Ágape de Jesus e no Amor Materno de Nossa Senhora.
Adriana dos Anjos-Devoção e Fé

Mensagem do Padre Marcelo Rossi por E-mail:
Amados, seguindo em busca de uma renovação total de nosso ser, nesta Quaresma Carismática, vamos orar para DEUS ADENTRE EM NOSSO CORAÇÃO E QUE POSSAMOS ESTABILIZAR NOSSA SITUAÇÃO FINANCEIRA! 
Estamos em uma época muito propícia para buscarmos uma limpeza total em nosso interior, uma renovação plena de nossa existência, para que cada um de nossos passos e cada uma de nossas ações, sejam para honra e glória de Jesus. Por isso estamos nesta semana destacando a nossa situação financeira, para que TODOS QUE ESTÃO NO VERMELHO, EM CRISTO JESUS FICARÃO NO AZUL!!

Amados, desça sobre todos vós a bênção de Deus Todo Poderoso em Nome: Do Pai †, e do Filho †, e do Espírito Santo †. Amém! 

"O mundo não é dos espertos. É das pessoas honestas e verdadeiras. A esperteza, um dia, é descoberta e vira vergonha. A honestidade se transforma em exemplo para as gerações do futuro. Uma corrompe a vida; a outra enobrece a alma."








***********************

*Facebook Padre Marcelo Rossi:
**Programa Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi: 
Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
**Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do Padre Marcelo Rossi; procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar);
*Site Padre Marcelo Rossi: 




Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé