Papa Francisco: “O anjo da guarda existe! Como devemos escutá-lo?” - Devoção e Fé - Blog Católico

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Papa Francisco: “O anjo da guarda existe! Como devemos escutá-lo?”


VATICANO, 02 Out. 15 / 11:41 am (ACI).- O Papa Francisco celebrou Missa hoje na capela da Casa da Santa Marta, no Vaticano, na festa dos Santos Anjos da Guarda, também chamados Anjos Custódios.

“Deus deu a cada pessoa um Anjo da Guarda para acompanhá-la, aconselhá-la e protegê-la. Trata-se de um dom da paternidade divina, que tudo ama e tudo acompanha”, explicou. “Deus nos pede apenas para ouvi-lo, respeitá-lo. Só isto: escuta e respeito! O cristão deve ser dócil ao Espírito Santo. A docilidade ao Espírito Santo começa com a docilidade ao nosso companheiro”, disse o Pontífice.

O Santo Padre citou alguns salmos e orações que recordam a figura do Anjo da Guarda, que sempre está presente em todas as vicissitudes do homem: “Eis que te envio um anjo diante de ti para proteger-te no caminho e levar-te ao lugar que preparei para ti”, disse o Livro do Êxodo proclamado na primeira leitura.

O Anjo da Guarda “está sempre conosco”, assegurou Francisco. “Esta é uma realidade. Ele é como um embaixador de Deus em meio a nós. Por isso, o Senhor nos aconselha a respeitar a sua presença”.

“E quando nós, por exemplo, fizermos uma maldade e pensarmos que estamos sozinhos: não estamos, pois ele está presente”, manifestou o Papa.

O Pontífice declarou novamente que “devemos respeitar a sua presença. Escutar sua voz, porque ele nos aconselha”.

“Quando sentimos a inspiração: ‘faz isto… isto é melhor… ou isto não deve fazer…’ Escuta! Jamais nos rebelemos contra ele!”.

Em seguida, o Santo Padre advertiu: “Às vezes, pensamos que podemos esconder-lhe muitas coisas feias, mas, no final, elas virão à luz. O Anjo está sempre ao nosso lado como um amigo, quer proteger-nos e aconselhar-nos”.

“Um amigo que não vemos, mas escutamos”. Um amigo que um dia “estará conosco no Céu, na alegria eterna”.

“Deus nos pede apenas para ouvi-lo, respeitá-lo. Só isto: respeito e escuta. E este respeito e escuta a este companheiro de caminho se chama docilidade”.

O Papa aconselhou ainda: “Para sermos dóceis ao Espírito, devemos ser pequenos, como as crianças”.

“Peçamos hoje ao Senhor a graça desta docilidade de dar ouvidos a este nosso companheiro de viagem, deste embaixador divino, que está ao nosso lado, em seu nome, que nos apoia e ajuda”.

“Sempre em caminho… e também durante esta Missa, com a qual louvamos ao Senhor, lembremos quanto o Senhor é bom! Quanto ele é justo e nunca nos deixa sozinhos, nunca nos abandona!”, concluiu o Papa Francisco.

Fonte: ACI digital



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé