A Semente e o Grão de Mostarda-11º Domingo do Tempo Comum (Ano B) - Devoção e Fé - Blog Católico

domingo, 14 de junho de 2015

A Semente e o Grão de Mostarda-11º Domingo do Tempo Comum (Ano B)


A Semente e o Grão de Mostarda

11° Domingo do Tempo Comum

Evangelho de Mc 4,26-34

26. Dizia também: O Reino de Deus é como um homem que lança a semente à terra.
27. Dorme, levanta-se, de noite e de dia, e a semente brota e cresce, sem ele o perceber.
28. Pois a terra por si mesma produz, primeiro a planta, depois a espiga e, por último, o grão abundante na espiga.
29. Quando o fruto amadurece, ele mete-lhe a foice, porque é chegada a colheita.
30. Dizia ele: A quem compararemos o Reino de Deus? Ou com que parábola o representaremos?
31. É como o grão de mostarda que, quando é semeado, é a menor de todas as sementes.
32. Mas, depois de semeado, cresce, torna-se maior que todas as hortaliças e estende de tal modo os seus ramos, que as aves do céu podem abrigar-se à sua sombra.
33. Era por meio de numerosas parábolas desse gênero que ele lhes anunciava a palavra, conforme eram capazes de compreender.
34. E não lhes falava, a não ser em parábolas; a sós, porém, explicava tudo a seus discípulos."
Reflexão

Hoje, somos chamados a plantar a semente do Reino com Cristo. Jesus sempre falava do Reino de Deus com imagens sempre novas, para que o povo pudesse compreender com facilidade aquilo que Ele anunciava. O Reino de Deus acontece por meio da simplicidade de Jesus Cristo. Ele nunca usou termos científicos, teóricos para com o povo, mas sempre falou palavras simples. Ele encoraja as comunidades a serem semeadoras do Reino de Deus, por meio de parábolas. Esta é uma parábola catequética, sobretudo para aqueles que estão iniciando o caminho do seguimento de Jesus. Nesta parábola, Ele convida a comunidade a não desistir, mesmo diante das crises, a não parar diante dos problemas. O resultado do nosso trabalho vem no silêncio e na simplicidade. Como diz o ditado, "faz mais barulho uma árvore que cai do que uma floresta que cresce". Assim também é o Reino de Deus, ele cresce no silêncio, na simplicidade e não em meio aos barulhos do mundo. [a]

Oração

Senhor Jesus, foi bom ouvir essas vossas palavras. Isso porque, às vezes, tenho ficado um tanto desanimado ao ver que é pequeno o resultado de meus esforços no anúncio do evangelho. E porque, outras vezes, tenho ficado um pouco vaidoso vendo bons resultados. Perdoai-me o desânimo e vaidade. Perdoai-me também se às vezes achei que estava crescendo rápido em vossos caminhos, e que isso era devido a mim mesmo. Reconheço que dependo de vós para avançar o menor passo na vida nova para a qual me convidais. É isso, Senhor, estou convencido que as sementes que lanço e as que acolho germinam por vosso poder quando, como e quanto quereis. Fazei-me terra boa para as sementes, e semeador humilde que, depois de ter feito seu trabalho, vai dormir tranquilo. Amém. [b]

Fonte: Revista O Mílite (junho/2015) [a]
Revista de Aparecida (junho/2015) [b]



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé