Quaresma - Tempo de grandes graças - Devoção e Fé - Blog Católico

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Quaresma - Tempo de grandes graças


Quaresma - Tempo de grandes graças

Pe. Eduardo Dougherty, SJ

A Quaresma é um tempo riquíssimo em que o Pai derrama grandes graças sobre aqueles que procuram vivê-la em profundidade.
O Tempo da Quaresma originou-se daqueles quarenta dia que Jesus passou no deserto em jejum e oração, antes de começar sua vida pública com força total. E ela tem o mesmo sentido para nós hoje. É um tempo de oração, de jejuns, de esforços que nos levam para Deus. Para quê? Para sermos cristãos mais fervorosos, libertos e cheios do Espírito Santo.
A Quaresma é um tempo de conversão. Converter-se é dar uma guinada, mudando a ordem das nossas prioridades. É colocar Jesus em primeiro lugar em nossa vida, em nossos pensamentos e em nossas atitudes. Se vivermos bem a Quaresma, ressuscitaremos com Cristo na Páscoa e seremos "outros Cristos" neste mundo.
Mesmo que já tenhamos uma vida correta, de oração, de caminhada com Jesus, de busca da santidade, sempre existe um ponto ou outro em nós que precisa de conversão.
Por essa razão, encaremos essa Quaresma como um convite que o Pai faz a cada um de nós. Ele nos convida a refletirmos sobre nossa vida e nossa conduta, para abraçarmos sua Vontade e seu Plano de amor a nosso respeito.
Vamos dar "passos na fé"? Um passo muito importante na Quaresma é buscar o Sacramento da Confissão. Trata-se de um Sacramento que abre as portas do nosso coração para as grandes bênçâos que o Pai quer nos dar.

Propósitos para viver na Quaresma

* Silêncio: Procure imitar o silêncio de Maria Santíssima. Se for falar mal ee alguém, pare, pense e reze por esta pessoa ao invés de maldizê-la.
* Oração pessoal: Reserve um tempo do seu dia para oração pessoal. Leia e mexite a Palavra de Deus para colocá-la em prática. Se for possível, prepare em sua casa um pequeno altar. Coloque um crucifixo, uma vela e, nesse ambiente, você poderá ter o seu encontro íntimo com Deus.
* Via-Sacra: Reserve um tempo para meditar as estqções da Via-Sacra, e preferência na sexta-feira.
* Obras de misericórdia: Deus, em sua infinita misericórdia, nos deu seu Filho único Jesus Cristo e o que Ele nos pede é que tenhamos um coração misericordioso: faça uma visita a um doente, um idoso, um orfão, ajude uma família necessitada doando uma cesta básica, roupas, etc. Faça algo ee bom por alguém!
* Perdão: Quaresma é tempo de reconciliação. Se você precisa dar ou receber o perdão, peça a Deus a graça de dar o primeiro passo neste sentido.
* Confissão: Quem confessa os próprios pecados já está agindo em harmonia com Deus. Eu recomendo, incentivo e exorto você a buscar o perdão misericordioso de Deus por meio deste Sacramento. Você sentirá a diferença em sua vida, porque essa diferença é a graça e a bênção que vem junto com este perdão. O importante é tomar consciência de tudo o que o Senhor deseja realizar em sua vida e se esforçar para não deixar a graça passar.

A Confissão

A Confissão é um Sacramento que nos conduz à adoração. Por isso devemos receber todos os Sacramentos, especialmente o da Confissão, também em oração e adoração. O penitente deve se confessar orando a Deus e o sacerdote aconselhá-lo orando a Deus.
Mais que uma listagem de pecados, este abençoado Sacramento é uma oração sincera de perdão. Neste processo, a pessoa é curada em seus desequilíbrios emocionais, que estão diretamente sob o controle de sua vontade. E, como muitas das curas em nós implicam em perdão, através deste, o equilíbrio emocional é restaurado e o caminho para cura física também fica aberto (2 Samuel 12, 1-15; João 20, 22-23; Tiago 5, 16; I João 1, 7-10; Lucas 15, 11-32).

Alguns itens para fazer um exame de consciência:

Antes de se confessar peça ao Espírito Santo a graça de reconhecer-se pecador e de confessar todos os seus pecados com um vivo arrependimento e com o propósito de não mais ofender a Deus, buscando uma vida de mais santidade, perguntando-se:

Há quanto tempo você não se confessa?
Comungou em pecado mortal?
Confessou, o melhor que pode, os pecados graves que você cometeu?
Escondeu conscientemente algum pecado grave em Confissões anteriores?
Confessou com clareza seus pecados ou foi demasiado parcial em suas palavras?
Fez a penitência que lhe foi imposta pelo confessor?
Reparou os danos que causou ao próximo?
Respeitou o jejum eucarístico de uma hora antes da Comunhão?
Faltou às Missas aos domingos e dias santos?
Está verdadeiramente arrependido dos seus pecados e luta para não pecar mais?

Fonte: Revista Brasil Cristão (fevereiro/2015)



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Irmãos e irmãs de fé. Paz e Bem!
Nosso único mestre e senhor é Jesus Cristo, nossa mãe no céu a Santíssima Virgem Maria, por isso, comentários desrespeitosos e orações que não condizem com a Igreja Católica Apostólica Romana não serão publicadas.

Que Deus vos abençoe, que Nosso Senhor Jesus Cristo lhes conceda a graça da cura, da resolução dos problemas, a paz e tudo que seu coração aflito suplicar. Tenha Fé e persevere na Oração, pois o Tempo de Deus é diferente do nosso. Deixe o amor de Nosso Senhor tocar sua vida.
Que Nossa Santíssima Mãe vos cubra com o manto de amor e proteção. Amém.

Adriana dos Anjos - Devoção e Fé Blog

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé