Oração: Sofrimento e Redenção - Devoção e Fé - Blog Católico

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Oração: Sofrimento e Redenção

Oração: Sofrimento e Redenção

Senhor, Senhor, que quer dizer ser homem? Sofrer a mancheias. Desde o pranto do recém-nascido até o último gemido do agonizante, sofrer é o pão cotidiano e amargo que nunca falta na mesa da família.

Meu Deus, para que serve essa criatura desventurada da dor? É um resto inútil. Não tem nome, mas tem mil fontes e mil rostos e quem pode evitá-lo? A nosso lado, caminha na senda que vai da luz para a treva. Que podemos fazer com ele?

É uma criatura que brotou no solo humano como um fungo maldito, sem que ninguém o tivesse semeado, nem desejado. Que faremos com ele?

Lembro-me de tua cruz, ó Pobre de Deus, Jesus de Nazaré; aquela cruz que Tu não tinhas desejado, mas que assumiste, não com alegria, mas com paz. Para que serve essa corrente caudalosa e sangrenta da dor humana? Essa é a questão: que fazer com esse mistério essencial e abrasador?

As mil enfermidades, as mil e uma incompreensões, os conflitos íntimos, as depressões e obsessões, rancores e invejas, melancolias e tristezas, as limitações e impotências, próprias e alheias, penas, cravos, suplícios... Que fazer com esse bosque infinito de folhas mortas?

Ó Justo, Servo obediente e submisso ao Pai! Chegada a tua hora, depois de estremeceres de susto e espanto, Te entregaste sossegado e aceitaste livremente o cálice da dor até esgotar seus últimos e mais amargos sedimentos. Os feitos da conspiração humana não caíram sobre Ti, cegos e fatais, porque Tu os assumiste voluntariamente ao ver que, se os fatos aconteceram, não foi por maquinação humana, mas porque o Pai os permitiu. E carregaste a tua cruz com amor.

Obrigado pela lição, Cristo amigo. A partir de agora temos resposta para a interrogação básica do homem: que fazer com a dor?

Não se vence o sofrimento lamentando-o, combatendo-o ou resistindo, mas assumindo-o. E, quando assumimos a cruz com amor, não estamos só Te acompanhando na subida do Calvário, Jesus Nazareno, mas colaborando contigo na redenção do mundo e até mais, "estamos completando o que falta à Paixão do Senhor".

A liberdade perfeita não está só em assumir a cruz com amor, mas também em agradecer por ela, sabendo que, assim, assumimos solidariamente a dor humana e colaboramos na tarefa transcendental da redenção da humanidade.

Obrigado, Senhor Jesus Cristo, pela sabedoria da cruz.

Fonte: Encontro-Manual de Oração (Autor: Ignacio Larrañaga)



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé