Multiplicação dos Pães-18° Domingo do Tempo Comum (Ano A) - Devoção e Fé - Blog Católico

domingo, 3 de agosto de 2014

Multiplicação dos Pães-18° Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Multiplicação dos Pães

18° Domingo do Tempo Comum

Evangelho de Mt 14, 13-21
13. A essa notícia, Jesus partiu dali numa barca para se retirar a um lugar deserto, mas o povo soube e a multidão das cidades o seguiu a pé.
14. Quando desembarcou, vendo Jesus essa numerosa multidão, moveu-se de compaixão para ela e curou seus doentes.
15. Caía a tarde. Agrupados em volta dele, os discípulos disseram-lhe: Este lugar é deserto e a hora é avançada. Despede esta gente para que vá comprar víveres na aldeia.
16. Jesus, porém, respondeu: Não é necessário: dai-lhe vós mesmos de comer.
17. Mas, disseram eles, nós não temos aqui mais que cinco pães e dois peixes. _
18. Trazei-mos, disse-lhes ele.
19. Mandou, então, a multidão assentar-se na relva, tomou os cinco pães e os dois peixes e, elevando os olhos ao céu, abençoou-os. Partindo em seguida os pães, deu-os aos seus discípulos, que os distribuíram ao povo.
20. Todos comeram e ficaram fartos, e, dos pedaços que sobraram, recolheram doze cestos cheios.
21. Ora, os convivas foram aproximadamente cinco mil homens, sem contar as mulheres e crianças.
Reflexão

São Maximiliano Maria Kolbe já dizia: "Existem tantas almas transviadas, enganadas, sedentas, infelizes, escravas do demônio, que gemem e não são capazes nem ao menos de reconhecer a própria miséria e estupidez..." A liturgia deste domingo nos leva a pensar nesta realidade. E somos convocados pelo próprio Cristo a dar a este povo o que comer. Não podemos ficar alheios à necessidade deste povo, tanto física como espiritual. A Virgem Imaculada nos ajudará nesta missão, pois foi Ela a primeira que nos deu o verdadeiro alimento: Jesus Cristo. [a]  

Oração

Senhor, quase sempre me apavoro com os problemas, perco a coragem, ou não quero inventar ainda mais trabalho para mim. Pelo menos sempre os encaro como aborrecimentos a evitar a todo custo. Acho melhor deixar que outros os resolvam, dizendo que estão mais capacitados para isso. Ou prefiro apenas rezar, deixando a solução convosco. Ajudai-me a estar sempre atento ao que é preciso fazer, sem nunca fugir fechando os olhos. Iluminai-me, para que veja bem qual é a questão, sem aumentar nem diminuir as dificuldades. Guiai-me na solução correta, e na descoberta dos meios mais adequados. Dai-me decisão firme, perseverança na ação, compreensão para com os que discordam. E que eu nunca imagine que fui eu que resolvi. Amém. [b]

Fonte: Revista O Mílite (agosto/2014) [a]
Revista de Aparecida (agosto/2014) [b]



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Irmãos e irmãs de fé. Paz e Bem!
Nosso único mestre e senhor é Jesus Cristo, nossa mãe no céu a Santíssima Virgem Maria, por isso, comentários desrespeitosos e orações que não condizem com a Igreja Católica Apostólica Romana não serão publicadas.

Que Deus vos abençoe, que Nosso Senhor Jesus Cristo lhes conceda a graça da cura, da resolução dos problemas, a paz e tudo que seu coração aflito suplicar. Tenha Fé e persevere na Oração, pois o Tempo de Deus é diferente do nosso. Deixe o amor de Nosso Senhor tocar sua vida.
Que Nossa Santíssima Mãe vos cubra com o manto de amor e proteção. Amém.

Adriana dos Anjos - Devoção e Fé Blog

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé