Semente Boa e Má-16° Domingo do Tempo Comum (Ano A) - Devoção e Fé - Blog Católico

domingo, 20 de julho de 2014

Semente Boa e Má-16° Domingo do Tempo Comum (Ano A)

Semente Boa e Má

16° Domingo do Tempo Comum

Evangelho de Mt 13, 24-43 ou abrev. 13, 24-30
24. Jesus contou outra parábola à multidão: «O Reino do Céu é como um homem que semeou boa semente no seu campo.
25. Uma noite, quando todos dormiam, veio o inimigo dele, semeou joio no meio do trigo e foi-se embora.
26. Quando o trigo cresceu e as espigas começaram a formar-se, apareceu também o joio.
27. Os empregados foram procurar o dono e disseram-lhe: "Senhor, não semeaste boa semente no teu campo? Donde veio então o joio?"
28. O dono respondeu: "Foi algum inimigo que fez isso". Os empregados perguntaram-lhe: "Queres que arranquemos o joio?"
29. O dono respondeu: "Não. Pode acontecer que, arrancando o joio, arranqueis também o trigo.
30. Deixai crescer um e outro até à colheita. E no tempo da colheita direi aos ceifeiros: Apanhai primeiro o joio e amarrai-o em feixes para ser queimado. Depois recolhei o trigo no meu celeiro!"».
Reflexão

É preciso estar em constante alerta para não deixarmos o inimigo semear a semente do joio em nossos corações. Pois a qualquer vacilo, ou qualquer cochilada que tivermos, o inimigo estará colocando as sementes ruins, confundindo-as com as boas. O cristão não pode ser dorminhoco, mas precisa estar sempre vivo e atento, porque as brechas encontradas em nossos corações podem servir de porta de entrada para a ação do mal na nossa vida. Maria Santíssima pode nos ajudar a estarmos sempre acordados, pois Ela é a Virgem da escuta, e quem escuta está sempre atento e sabe discernir a boa semente da má. Portanto, sejamos sóbrios e vigilantes. [a]  

Oração

Senhor Jesus, creio que sois o Filho de Deus que, por vosso poder, nos quereis salvar do mal. Creio que podeis e quereis mudar nosso coração, livrando-nos da atração das mentiras e ilusões. Agradeço a paciência que tendes com todos nós, principalmente comigo, que sou tão lento na caminhada para o bem. Ajudai-me a arrancar de mim as ervas daninhas do orgulho, da vaidade e de tantas outras maldades. Fazei de mim trigo bom para vós e para alimentar a vida de meus irmãos. Não adianta eu ficar lamentando o mal que vejo no mundo. Ajudai-me, então, a compreender que, quanto mais eu for trigo bom, tanto menos joio haverá na vossa plantação. E, com certeza, vossa alegria será tanto maior quanto menos joio houver para arrancar. Amém. [b]

Fonte: Revista O Mílite (julho/2014) [a]
Revista de Aparecida (julho/2014) [b]



Um comentário :

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé