O Bom Pastor - 4° Domingo da Páscoa (Ano A) - Devoção e Fé - Blog Católico

domingo, 11 de maio de 2014

O Bom Pastor - 4° Domingo da Páscoa (Ano A)

O Bom Pastor

4° Domingo da Páscoa

Evangelho de Jo 10, 1-10

1. Em verdade, em verdade vos digo: quem não entra pela porta no aprisco das ovelhas, mas sobe por outra parte, é ladrão e salteador.
2. Mas quem entra pela porta é o pastor das ovelhas.
3. A este o porteiro abre, e as ovelhas ouvem a sua voz. Ele chama as ovelhas pelo nome e as conduz à pastagem.
4. Depois de conduzir todas as suas ovelhas para fora, vai adiante delas; e as ovelhas seguem-no, pois lhe conhecem a voz.
5. Mas não seguem o estranho; antes fogem dele, porque não conhecem a voz dos estranhos.
6. Jesus disse-lhes essa parábola, mas não entendiam do que ele queria falar.
7. Jesus tornou a dizer-lhes: Em verdade, em verdade vos digo: eu sou a porta das ovelhas.
8. Todos quantos vieram antes de mim foram ladrões e salteadores, mas as ovelhas não os ouviram.
9. Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim será salvo; tanto entrará como sairá e encontrará pastagem.
10. O ladrão não vem senão para furtar, matar e destruir. Eu vim para que as ovelhas tenham vida e para que a tenham em abundância.
Reflexão

O verdadeiro pastor entra pela porta principal, ele entra e as ovelhas escutam a sua voz. Nas suas primeiras aparições depois da Ressurreição, Jesus encontra fechadas as portas dos corações dos seus discípulos por causa do medo e da incredulidade.
Mas Jesus entra e chama-os pelo nome; chama Maria, que chorava diante do sepulcro; chama Tomé, para que não seja incrédulo; dirige uma palavra a Pedro: "Simão, filho de João, tu me amas?"; é a voz do amigo que chama para sair da dúvida para a certeza. É a voz de Jesus que nos conduz dos limites da nossa humanidade para os horizontes infinitos de Deus. Quem o segue será salvo, encontrará restauração, pois "todo aquele que vê o Filho e nele crê, terá a vida eterna" (Jo 6,40). [a]

Oração

Senhor Jesus, há bastante tempo que vos escolhi e preferi seguir vossa voz.
Ou melhor, há bastante tempo que vós me escolhestes e me seduzistes para seguir vosso chamado. Na verdade, vós me conquistastes, não fui eu que vos procurei. Só posso agradecer tanta bondade, por me escolher sem nenhum merecimento meu. Não levastes em conta minhas hesitações, meus temores e minha pouca generosidade. De certo modo me salvastes apesar de mim mesmo. Bendito sejais pela felicidade que me tornastes possível; bendito sejais pela ajuda nos momentos certos; bendito sejais pelo perdão que sempre me destes.
Diante de tanta bondade, só me resta pedir que me façais mais generoso no futuro e mais comprometido convosco. Amém. [b]

Fonte: Revista O Mílite (abril/2014) [a]
Revista de Aparecida (abril/2014) [b]



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé