Domingo da Divina Misericórdia - Devoção e Fé - Blog Católico

domingo, 27 de abril de 2014

Domingo da Divina Misericórdia

 Devoção à Divina Misericórdia

Pe. Nilso Ap. Motta

A devoção à Divina Misericórdia está expressa na Palavra de Deus. Os profetas proclamaram, os salmistas cantaram e, no nosso tempo, o Espírito Santo suscitou dois grandes santos para nos recordar o valor inesgotável e sem limites da misericórdia de Deus: Santa Faustina e o Beato João Paulo II.
Entre 1931 e 1938, o Senhor revelou à Santa Faustina algumas formas devocionais que ajudam o cristão a se aproximar mais e mais do mistério da Divina Misericórdia: o Terço, a novena, a hora de adoração, a imagem da Divina Misericórdia (aprovada no ano 2000 e enriquecida com indulgências).
Pode-se falar de devoção em relação ao mistério da Divina Misericórdia - que nasce do culto e frutifica no apostolado. Santa Faustina alimentava a sua vida cristã, sobretudo na Sagrada Liturgia, mas o Espírito suscitava nela as mais variadas expressões devocionais: ao Sagrado Coração de Jesus, à Paixão de Cristo, à sua Morte, à Maria, a São José, a São Miguel Arcanjo, à Santa Teresinha do Menino Jesus, às Quarenta Horas de Adoração e, de um modo especial, ao mistério da Divina Misericórdia (Cf. Portal da Divina Misericórdia, Padres Marianos).
Em 2000, o Papa João Paulo II canonizou Irmã Faustina. "Quando Jesus Ressuscitado aparece aos discípulos, mostra-lhes as mãos e o lado. Isto é, indica as feridas da Paixão, sobretudo a do coração, fonte onde nasce a grande onda de misericórdia que inunda a humanidade. Daquele Coração, Ir. Faustina Kowalska viu partir dois fachos de luz que iluminam o mundo: 'Os dois raios, explicou-lhe o próprio Jesus, representam o sangue e a água'" (Diário, pág 132 - Homilia da canonização de Santa Faustina).

Com o trabalho apostólico do Papa João Paulo II e com a canonização da Ir. Faustina, vimos florescer, na vida da Igreja, a devoção à Divina Misericórdia. Os dois deixaram preciosos escritos sobre esse tema. De Santa Faustina conhecemos o seu Diário; de João Paulo II a encíclica "Dives in Misericordia", a exortação apostólica "Reconciliatio et Paenitentia", a carta apostólica "Misericórdia Dei". Além disso, em 2000, o Papa João Paulo II proclamou o Segundo Domingo da Páscoa também como Domingo da Divina misericórdia.

Fonte: Revista Brasil Cristão (abril/2014)





Nenhum comentário :

Postar um comentário

Irmãos e irmãs de fé. Paz e Bem!
Nosso único mestre e senhor é Jesus Cristo, nossa mãe no céu a Santíssima Virgem Maria, por isso, comentários desrespeitosos e orações que não condizem com a Igreja Católica Apostólica Romana não serão publicadas.

Que Deus vos abençoe, que Nosso Senhor Jesus Cristo lhes conceda a graça da cura, da resolução dos problemas, a paz e tudo que seu coração aflito suplicar. Tenha Fé e persevere na Oração, pois o Tempo de Deus é diferente do nosso. Deixe o amor de Nosso Senhor tocar sua vida.
Que Nossa Santíssima Mãe vos cubra com o manto de amor e proteção. Amém.

Adriana dos Anjos - Devoção e Fé Blog

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé