Jovem afirma que foi curado de um câncer por Bento XVI - Devoção e Fé - Blog Católico

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Jovem afirma que foi curado de um câncer por Bento XVI

Jovem afirma que foi curado de um câncer por Bento XVI

Um jovem norte-americano - que está agora com 19 anos e em seu segundo ano na universidade - afirma que foi curado de um tumor no peito, graças a Joseph Ratzinger, que conheceu o rapaz em uma audiência em Roma, no ano passado. Papa Bento XVI ouviu a sua história e colocou a mão no peito do garoto, de onde o tumor estava. Peter Srisch e sua família apareceu na TV KUSA em Denver e confirmou sua crença publicamente.

Peter tinha 17 anos quando os médicos diagnosticaram-lhe um tumor no peito depois de fazer um raio-x. Ele tinha um tumor do tamanho de uma bola de softball no peito. Foi determinado que era o estágio quatro do linfoma não-Hodgkin.

Laura Srsich, mãe de Pedro, disse que quando ela falou a Pedro sobre o assunto, o primeiro desejo que lhe veio à mente foi: "Eu adoraria ir encontrar o Papa em Roma" Seu desejo era relativamente fácil de conceder e por isso há um ano, em maio, Peter e sua mãe participaram de uma audiência geral de Bento XVI na Praça de São Pedro. Conheceram-se, ele falou com ele e o encontro teve um efeito poderoso sobre Pedro. "Quando me levantei para falar com ele, na verdade, fiquei impressionado com o quão humano ele era. Foi uma experiência humilhante para mim ver como ele era humilde", disse Peter. O Papa ouviu Peter falar sobre sua viagem e sua doença. O garoto, então, deu a Ratzinger uma pulseira verde limão com as palavras "Orando por Peter" impressa sobre ele. Ratzinger retribuiu abençoando-o. 


Peter explicou: "Então ele me abençoou. Ele colocou a mão direita sobre o peito, onde o tumor havia sido. Ele não sabia onde estava o tumor, mas ele colocou a mão ali".

Um ano se passou e Peter fez uma recuperação completa do câncer, ele está em seu segundo ano na universidade e um dia espera ser ordenado sacerdote. A renúncia de Bento XVI como Bispo de Roma e Papa só reforçou a impressão que Peter ficou após o encontro. Aos olhos de Pedro, o gesto de Bento XVI mostraram que ele colocou a Igreja Católica acima de si mesmo e de suas necessidades pessoais. Um gesto muito humilde. "Eu vou lembrar dele como uma das pessoas mais humildes do mundo, especialmente por este último ato que ele está fazendo", disse Peter.


Fonte: Vatican Insider


Peter Srisch e sua família apareceu na TV KUSA em Denver 
e confirmou sua crença publicamente. (em inglês)




Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé