Festa do Santíssimo Nome de Jesus-03/janeiro - Devoção e Fé - Blog Católico

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Festa do Santíssimo Nome de Jesus-03/janeiro


Festa do Santíssimo Nome de Jesus 

A Igreja celebra em 3 janeiro, de acordo como "Diretório da Liturgia" da CNBB, a festa do Santíssimo Nome de Jesus; porque oito dias depois de seu nascimento, o Natal, São José o circuncidou e lhe colocou o nome de Jesus, conforme o Anjo tinha dito à Virgem Maria:

"O anjo disse-lhe: Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus." (Lc 1, 30-31)

E assim foi cumprido conforme a Lei de Moisés:

"Completados que foram os oito dias para ser circuncidado o menino, foi-lhe posto o Nome de Jesus, como lhe tinha chamado o anjo, antes de ser concebido no seio materno." (Lc 2, 21)

 O nome de Jesus foi dado pelo céu; tanto assim que o Arcanjo Gabriel o confirma em sonho a José:

"Enquanto assim pensava, eis que um anjo do Senhor lhe apareceu em sonhos e lhe disse: José, filho de Davi, não temas receber Maria por esposa, pois o que nela foi concebido vem do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo de seus pecados." (Mt 1, 20-21). Cabia ao pai dar o nome para o filho no costume judaico.

E o Anjo deixou bem claro a José a razão deste nome: "porque ele salvará o seu povo de seus pecados". A palavra Jesus em Hebraico quer dizer "Deus Salva" ou Salvador. [1]

História 

A reverência e a afeição com que os cristãos tratam o Santo Nome de Jesus remontam aos primeiros anos do cristianismo. Esta devoção se estende também ao cristograma IHS (um monograma do Santo Nome), derivado da palavra grega IHSOUS (ΙΗΣΟΥΣ) para "Jesus" ou à frase latina Iesus Hominum Salvator ("Jesus salvador da humanidade").
A Festa do Santíssimo Nome de Jesus é celebrada em diferentes datas por várias congregações Cristãs. A celebração teve lugar no calendário Católico Romano desde o fim do século XV, pelo menos a níveis locais. A veneração do Santíssimo Nome foi alargada para toda a Igreja Católica Romana em 20 de Dezembro de 1721, durante o pontificado do papa Inocêncio XIII. 
A celebração teve lugar em diferentes datas, normalmente em Janeiro, uma vez que o primeiro dia de Janeiro, oito dias após o Natal, marca a circuncisão de Jesus, tal como referido no Evangelho do próprio dia, «ao fim do oitavo dia, quando Ele foi circuncidado, foi chamado Jesus, o nome dado pelo anjo antes de ser concebido no ventre.» (Lucas 2:21).
O catolicismo medieval, e muitas outras igrejas Cristãs até à atualidade, celebram portanto ambos os eventos como a Festa da Circuncisão de Cristo normalmente no dia 1 de janeiro. 
São Bernardino de Siena colocou grande ênfase no Santíssimo Nome, o qual associou ao cristograma IHS, e pode ter sido o responsável pela união de ambos os elementos. A celebração ocorre no dia 3 de Janeiro para os católicos que seguem o atual Calendário Geral Romano, e no Domingo entre a Oitava do Natal e a Epifania do Senhor, ou 2 de Janeiro, pelos católicos que ainda seguem os calendários do período de 1914 a 1969. [2]

Fonte: Cleófas [1]/Wikipédia [2]

Foi Em Nome de Jesus
Padre Zezinho

Foi em nome de Jesus
Foi naquele santo nome
Foi em nome de Jesus
Que ousei falar com Deus
Do jeito que eu falei

De joelho eu rezei
Ao ouvir aquele nome
De joelho eu rezei
E ousei falar com Deus
Do jeito que eu falei

Eu disse a Deus que eu precisava de uma luz
Em nome de Jesus
Eu disse a Deus que era pesada a minha cruz
Em nome de Jesus

E Deus me ouviu em nome de Jesus
E Deus me ouviu em nome de Jesus
Em nome de Jesus eu vi a luz
Em nome de Jesus eu tive força
Pra levar a minha cruz
Em nome de Jesus




Nenhum comentário :

Postar um comentário

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé