Dezembro 2012 - Devoção e Fé - Blog Católico

domingo, 30 de dezembro de 2012

Festa Da Sagrada Família-Jesus no Templo

 Festa Da Sagrada Família
Jesus no Templo
Evangelho de Lc 2,41-52
Seus pais iam todos os anos a Jerusalém para a festa da Páscoa. Quando o Menino completou doze anos, segundo o costume, subiram para a festa. Terminados os dias, eles voltaram, mas o menino Jesus ficou em Jerusalém, sem que seus pais o notassem. Pensando que ele estivesse na caravana, andaram o caminho de um dia, e puseram-se a procurá-lo entre os parentes e conhecidos. E não o encontrando, voltaram a Jerusalém à sua procura.
Três dias depois, eles o encontraram no Templo, sentado em meio aos doutores, ouvindo-os e interrogando-os; e todos os que o ouviam ficavam extasiados com sua inteligência e com suas respostas. Ao vê-lo, ficaram surpresos, e sua mãe lhe disse: "Meu filho, por que agiste assim conosco? Olha que teu pai e eu, aflitos, te procurávamos". Ele respondeu: "Por que me procuráveis? Não sabíeis que devo estar na casa de meu Pai?". Eles, porém, não compreenderam a palavra que ele lhes dissera.
Desceu então com eles para Nazaré e era-lhes submisso. Sua mãe, porém, conservava a lembrança de todos esses fatos em seu coração. E Jesus crescia em sabedoria, em estatura e em graça, diante de Deus e diante dos homens.

José e Maria são pessoas reais e simbólicas; são os pais de Jesus, mas também os protótipos da comunidade fiel. Eles se preocupam com o filho; o procuram, o encontram e procuram compreender as razões do seu comportamento.

Os três dias do desaparecimento podem conter uma alusão aos três dias da sepultura, do desaparecimento de Jesus dos olhos dos homens e, portanto, podem conter uma lembrança da sua paixão e morte.

A resposta à pergunta de Maria (v. 48) não é uma explicação, mas um convite a aceitar as disposições que provêm do alto, mesmo que não as compreendamos. Ao "por que agiste assim?", segue um "por que me procuráveis?". Toda busca sobre as opções de Jesus desembocam num beco além do qual não é possível ultrapassar. Há um imperativo, um dever diante do qual é preciso apenas se submeter.

"Não sabíeis que devo estar na casa de meu Pai?". Como todos, Ele "nasceu de mulher", mas é também "filho de Deus", isto é, predileto de Deus, um seu enviado particular, encarregado de uma missão especial entre os homens, que é a de lembrá-los sobre a verdadeira origem deles e a relação familiar ou filial que devem ter com Deus.

A primeira parte do quadro é ofuscada pela sombra da separação, mas a segunda é inundada pela luz do reencontro e do triunfo (2, 46-47). As duas fases da vida de Jesus são colocadas em confronto: a terrestre que se encerra na cruz e no túmulo, e a gloriosa que se abre com a vitória sobre os inimigos e sobre a morte (ressurreição).

Aqueles que tinham sido os mais destemidos adversários de Jesus, exatamente os escribas, os fariseus e os doutores da lei, agora, na narração de Lucas, estão atentos e, o que é mais surpreendente, estão cheios de admiração e de alegria.

Fonte: Revista O Mílite-desembro/2012 





sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Dia dos Santos Inocentes-28 de dezembro

Dia dos Santos Inocentes

O Dia dos Santos Inocentes é uma celebração cristã em homenagem aos Santos Inocentes, os meninos assassinados no evento bíblico que ficou conhecido como Massacre dos Inocentes, relatado em Mateus 2:16-18, festejada entre os dias 27 e 29 de dezembro, dependendo da denominação cristã.

A festa de hoje, instituída pelo Papa São Pio V, ajuda-nos a viver com profundidade este tempo da Oitava do Natal. Esta festa encontra o seu fundamento nas Sagradas Escrituras. Quando os Magos chegaram a Belém, guiados por uma estrela misteriosa, "encontraram o Menino com Maria e, prostrando-se, adoraram-No e, abrindo os seus tesouros, ofereceram-Lhe presentes - ouro, incenso e mirra. E, tendo recebido aviso em sonhos para não tornarem a Herodes, voltaram por outro caminho para a sua terra. Tendo eles partido, eis que um anjo do Senhor apareceu em sonhos a José e disse-lhe: 'Levanta-te, toma o Menino e sua mãe e foge para o Egito, e fica lá até que eu te avise, porque Herodes vai procurar o Menino para o matar'. E ele, levantando-se de noite, tomou o Menino e sua mãe, e retirou-se para o Egito. E lá esteve até à morte de Herodes, cumprindo-se deste modo o que tinha sido dito pelo Senhor por meio do profeta, que disse: 'Do Egito chamarei o meu filho'. Então Herodes, vendo que tinha sido enganado pelos Magos, irou-se em extremo e mandou matar todos os meninos que havia em Belém e arredores, de dois anos para baixo, segundo a data que tinha averiguado dos Magos. Então se cumpriu o que estava predito pelo profeta Jeremias: 'Uma voz se ouviu em Ramá, grandes prantos e lamentações: Raquel chorando os seus filhos, sem admitir consolação, porque já não existem'" (Mt 2,11-20). Quanto ao número de assassinados, os Gregos e o jesuíta Salmerón (1612) diziam ter sido 14.000; os Sírios 64.000; o martirológio de Haguenau (Baixo Reno) 144.000. Calcula-se hoje que terão sido cerca de vinte ao todo. Foram muitas as Igrejas que pretenderam possuir relíquias deles.

Comemoração

A comemoração do massacre dos "Santos Inocentes" - considerados por muitos cristãos como sendo os primeiros mártires - apareceu primeiro como uma festa na igreja ocidental no "Sacramentário Leonino" (ca. 485 d.C.). As primeiras comemorações estavam ligadas à Festa da Epifania, em 6 de janeiro: Prudêncio menciona os Inocentes em seu hino sobre a Epifania. Leão Magno, em suas homilias sobre a Epifania, fala sobre os Inocentes. Fulgêncio de Ruspe (séc. VI) também compôs uma homilia (De Epiphania, deque Innocentum nece et muneribus magorum - "Sobre a Epifania e sobre o assassinato dos Inocentes e os presentes dos Magos").

Atualmente, a data da festa varia. Para os sírios ocidentais (Igreja Ortodoxa Síria, Igreja Católica Siro-Malancar e a Igreja Maronita) e os sírios orientais (Igreja Católica Caldeia e a Igreja Católica Siro-Malabar), o dia é 27 de dezembro. Para a Igreja Católica, Igreja da Inglaterra e a Igreja Luterana, a data é 28 de dezembro. Já a Igreja Ortodoxa comemora os Inocentes em 29 de dezembro.


Para Saber Mais: Oitava do Natal - Entre os dias 25 de dezembro e 1º de janeiro a Igreja celebra a Oitava do Natal, ou seja, nesses oito dias vive-se a exultação da grande Festa do Nascimento de Jesus como um dia só.

Fonte: Wikipédia e Canção Nova



quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

São João Evangelista-27 de dezembro

 São João Evangelista-27 de dezembro

O nome deste evangelista significa: "Deus é misericordioso": uma profecia que foi se cumprindo na vida do mais jovem dos apóstolos. São João Evangelista ou Apóstolo João, foi um dos doze apóstolos de Jesus e além do Evangelho segundo João, também escreveu as três epístolas de João (1, 2, e 3) e o livro do Apocalipse.

É muito difícil imaginar que esse autor do quarto evangelho e do Apocalipse tenha sido considerado inculto e não douto. Mas foi dessa forma que o sinédrio classificou João, o apóstolo e evangelista, conhecido como "o discípulo que Jesus amava". Ele foi o único apóstolo que esteve com Jesus até a sua morte na cruz.

João era um dos mais jovens apóstolos de Cristo, irmão do discípulo Tiago Maior, ambos filhos de Zebedeu, rico pescador da Betsaida, e de Salomé, uma das mulheres que colaboravam com os discípulos de Jesus. Assim como seu pai, João era pescador, e teve como mestre João Batista, o qual, depois, o enviou a Jesus. João, Tiago Maior, Pedro e André foram os quatro discípulos que mais participaram do cotidiano de Jesus.

Costuma ser definido, entre os apóstolos, como homem de elevação espiritual, mais propenso à contemplação do que à ação. Apesar desse temperamento, foi incumbido por Jesus com o maior número de encargos, estando presente em quase todos os momentos e eventos narrados na Bíblia. Estava presente, por exemplo, quando ressuscitou a filha de Jairo, na Transfiguração de Jesus e na sua aflição no Getsêmani. Também na última ceia, durante o processo e, como vimos, foi o único na hora final. Na cruz, Jesus, vendo-o ao lado da Virgem, lhe confiou a tarefa de cuidar da Mãe, Maria.

Os detalhes que se conhece revelam que, após o Pentecostes, João ficou pregando em Jerusalém. Participou do Concílio de Jerusalém, depois, com Pedro, se transferiu para a Samaria. Mas logo foi viver em Éfeso, na companhia de Nossa Senhora. Dessa cidade, organizou e orientou muitas igrejas da Ásia. Durante o governo do imperador Domiciano, foi preso e exilado na ilha de Patmos, na Grécia, onde escreveu o quarto evangelho, o Apocalipse e as epístolas aos cristãos.

Diz a tradição que, antes de o imperador Domiciano exilar João, ele teria sido jogado dentro de um caldeirão de óleo fervente. Mas saiu ileso, vivo, sem nenhuma queimadura. João morreu, após muito sofrimento por todas as perseguições que sofreu durante sua vida, por pregar a Palavra de Deus, e foi sepultado em Éfeso. Tinha noventa anos de idade.

O evangelho de João fala dos mistérios de Jesus, mostrando os discursos do Mestre com uma visão mais aguçada, mais profunda. Enquanto os outros três descrevem Jesus em ação, João nos revela Jesus em comunhão e meditação, ou seja, em toda a sua espiritualidade. Os primeiros escritos de João foram encontrados em fragmentos de papiros no Egito, por isso alguns estudiosos acreditam que ele tenha visitado essas regiões.

Fonte: Paulinas  

Oração do São João Evangelista: 

Pai Eterno, pela poderosa intercessão de São João, Apóstolo amado de Jesus, eu rogo pelas graças de que tanto necessito. Abro meu coração, agora e sempre, para ouvir a Vossa Voz e experimentar Vosso Poder em minha vida. Assim como São João, quero acolher a Palavra de Jesus e com amor levar as sementes do Vosso Reino por onde eu passar. Amém.

Oração de São João Evangelista II

Ó São João Apóstolo e Evangelista, fostes o mais íntimo confidente das palavras de vida que brotavam dos lábios de Jesus; o mais próximo de sua glória, no Tabor; de seu coração, na Ceia; de sua Cruz, no Calvário. Ó Apóstolo do Amor, sois por excelência a testemunha da fé, da verdade e da caridade. Pelo amor e fidelidade ao Mestre, sois o protetor de todos os cristãos; dos sacerdotes: vivestes o sacerdócio em toda a sua plenitude; da virgindade: sois o apóstolo virgem; das mães, merecestes ser dado por filho a Mãe de Deus; das crianças e dos jovens: fostes o mais moço dos apóstolos; dos velhos: é como ancião que vos apresentais na Epístolas; dos que sofrem: padecestes ao pé da Cruz; das almas contemplativas: estivestes no Tabor; dos pobres: por eles trabalhastes nas minas de Patmos; dos doentes: curastes os enfermos; dos males do corpo e do espírito: após traçar o sinal da cruz bebestes do cálice com veneno e ressuscitastes os mortos: de todas as pessoas que querem dedicar-se aos seus irmãos e amá-los em Deus: a caridade não pode ter ideal mais puro que o do amigo de Jesus. Ó Apóstolo, orador da divindade, pela grandeza de vossa vida e pelos dons que recebestes, sem cessar, intercedei por nós ao Pai, Filho e Espírito Santo, agora e sempre e por todos os séculos dos séculos. Amém.



Oração Em Agradecimento E Louvor A Deus-Pe Marcelo Rossi



Boa noite irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Hoje (27 de dezembro) o Padre Marcelo Rossi colocou mais orações de agradecimento a Deus pelo ano que termina. As orações que estão no Facebook do Padre são: Oração Em Agradecimento A Deus (O amor é tudo), Oração De Agradecimento A Deus I, Oração Em Agradecimento A Deus II, Oração Em Agradecimento A Deus III, Oração Em Agradecimento E Louvor A Deus, Oração Em Agradecimento A Deus Por Sua Grande Misericórdia, Aprendendo Com A Mãezinha A Agradecer As Maravilhas Que Deus Realizou E Tem Realizado Em NósOração-Conhecer A Vontade De Deus (Do Livro de Orações de Dom Cipriano) e Louvor Ao Pai (Do Livro de Orações de Dom Cipriano).
Entre você também nesta abençoada corrente de orações de agradecimento a Jesus ouvindo o programa de rádio do Padre Marcelo - Momento de Fé. 
Fiquem com o Amor Ágape de Jesus e o Amor Materno de Nossa Senhora.

Adriana-Devoção e Fé

Oração Em Agradecimento A Deus (O amor é tudo)

Querido DEUS!
Eu agradeço por me lembrar que sou Teu filho(a).
Agradeço por me mostrar que sou protegido, guiado e iluminado pela Tua presença divina no mais íntimo do meu ser.
Agradeço, Senhor, por me dar abrigo na tempestade, por endireitar o que esta torto, por criar saídas onde parece não haver escapatória.
Agradeço por me perdoar quando eu não posso ou não quero perdoar a mim mesmo.
Agradeço, Senhor, pela Tua compaixão, pela Tua graça, pela Tua bondade, que estão sempre presentes, sustentando-me nos momentos mais difíceis.
Agradeço, Senhor, por não me deixar esquecer que o Senhor habita em mim e é a força que dá vida a minha alma.
Agradeço, Senhor, pela pessoa que sou.
Que Assim Seja. Amém!


Oração De Agradecimento A Deus I

Senhor meu DEUS e meu Pai eu Te Agradeço por tudo o que tens feito em minha vida:
Pela alegria de viver, por minha família,
Pelos meus amigos, pelo ar que respiro,
Pelos dons que me deste, pelos relacionamentos
que possibilitam que eu cresça a cada dia, obrigado por tudo.
Obrigado, PAI, pelas oportunidades que me tens dado de testemunhar o Amor (Ágape) com que amas a mim e a todas as pessoas.
Obrigado PAI, por Teu perdão e por dar-me uma vida plena e abundante.
Senhor, a Ti, que és o Criador de tudo o que sou e o que possuo, dedico a minha vida, clamando para que eu veja e faça sempre a TUA VONTADE, e que minhas obras Honrem e Glorifiquem o Teu nome. Amém!
 

Oração Em Agradecimento A Deus II

Senhor meu DEUS e meu Pai; eu Te Agradeço por tudo que tens feito em minha vida: Pela alegria de viver, por minha família, pelos meus amigos, pelo ar que respiro, pelos dons que me deste e pelos relacionamentos que possibilitam que eu cresça a cada dia.
Obrigado, PAI, pelas oportunidades que tens me dado de testemunhar o Amor (Ágape) com que amas a mim e a todas as pessoas.
Obrigado, por Teu perdão e por dar-me uma vida plena e abundante.
Senhor, a Ti, que já és dono de tudo o que sou e que possuo, dedico a minha vida, clamando que ela possa ser usada para fins nobres e verdadeiros e que todos os frutos de minha vida Honrem e Glorifiquem o Teu nome. Amém!


Oração Em Agradecimento A Deus III

Bendito seja Deus, Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo, que, do alto dos Céus, nos abençoou com todas a espécie de bênçãos espirituais em Cristo.
Foi assim que Ele nos escolheu antes da criação do mundo, para sermos santos e imaculados diante dos seus olhos.
Predestinou-nos para sermos seus filhos adotivos, por meio de Jesus Cristo, por sua livre vontade, para fazer resplandecer a sua maravilhosa graça, pela qual nos tornou agradáveis em Seu amado Filho.
É Nele que temos a redenção, pelo Seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da Sua graça, que abundantemente derramou sobre nós, com plena sabedoria e discernimento dando-nos a conhecer o mistério da Sua Vontade segundo o beneplácito que n’Ele de antemão estabelecera.
(da Carta de S. Paulo aos Efésios 1,3-9)


Oração Em Agradecimento E Louvor A Deus

Eu Vos exalto, ó meu Deus.
Bendirei o Vosso Nome para sempre.
Vós sois grande e digno de louvor. Todas as generações proclamam a Vossa imensa bondade e glorificam a Vossa justiça.
Vós, Senhor, sois bondoso e compassivo, lento para o castigo e cheio de amor (Ágape): bom para com todos.
Os Vossos fiéis Vos bendizem e anunciam a glória do Vosso Reino.
Vós, Senhor, levantais os que caem, os olhos de todos em Vós esperam, e Vós os sustentais.
Canta a minha boca a Vossa glória, Senhor, todos os mortais bendigam o Vosso Santo Nome, pelos séculos, sem fim. Amém!


Oração Em Agradecimento A Deus 
Por Sua Grande Misericórdia

Bendito seja Deus, Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo, que, na Sua grande misericórdia, nos fez renascer, pela ressurreição de Jesus Cristo de entre os mortos, para uma esperança viva, para uma herança que não se corrompe, nem se mancha, nem desaparece, reservada nos céus para Vós, que pelo poder de Deus sois guardados mediante a fé, para a salvação que se vai revelar nos últimos tempos.
(Epístola de S. Pedro 1,3-5).


Aprendendo Com A Mãezinha A Agradecer 
As Maravilhas Que Deus Realizou E Tem Realizado Em Nós

E Maria disse: Minha alma glorifica ao Senhor, meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador, porque olhou para sua pobre serva.
Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações, porque realizou em mim maravilhas aquele que é poderoso e cujo nome é Santo. Sua misericórdia se estende, de geração em geração, sobre os que o temem.
Manifestou o poder do seu braço: desconcertou os corações dos soberbos.
Derrubou do trono os poderosos e exaltou os humildes. Saciou de bens os indigentes e despediu de mãos vazias os ricos.
Acolheu a Israel, seu servo, lembrado da sua misericórdia, conforme prometera a nossos pais, em favor de Abraão e sua posteridade, para sempre. (do Evangelho de S. Lucas 1, 46-55).
Vos dou agradeço Jesus Cristo, Nosso Senhor, pelas graças e bênçãos recebidas durante o ano de 2012.
Louvo e agradeço a Deus, pela saúde de cada um de meus familiares, amigos, colegas de trabalho, meu chefe.
Louvo e agradeço a Deus pelas dificuldades enfrentadas ao longo deste ano, pois serviram para meu aprendizado e crescimento como ser humano.
Dou graças a Deus, por cada pessoa com quem convivi durante este ano, as pessoas com quem tive facilidade de relacionamento, e as que tive dificuldade de relacionamento.
Quero Te agradecer Senhor, pelo sacerdote de minha paróquina e pelas pessoas de minha comunidade.
Por fim quero Te agradecer, porque, o Senhor me deu Sua Mãe como minha Mãe, Maria é minha Mãe.
Senhor, por tudo isso, mais do que pedir eu que Te agradecer, Obrigado, Senhor! Amém!

Oração-Conhecer A Vontade De Deus 
(Do Livro de Orações de Dom Cipriano)

Pai, eu vos agradeço porque me estais instruindo como devo andar, e guiando-me com vosso olhar.
Agradeço-vos por vossa direção quanto à vossa vontade, vosso plano, e vosso propósito para minha vida. Eu ouço a voz do Bom Pastor, pois eu vos conheço e vos sigo.
Guiai-me pelo caminho da justiça, por causa de Vosso nome.
Eu vos agradeço, Pai, porque meu caminho irá se tornando cada vez mais claro até alcançar a plena luz do dia.
Enquanto Vos sigo, Senhor, creio que meu caminho vai se tornando mais claro a cada dia, a cada ano.
Muito obrigado, Pai, porque Jesus foi feito sabedoria para mim.
A confusão não é parte de minha vida.
Não estou confuso quanto à Vossa vontade para a minha vida.
Confio em vós, e não me apoio no meu entendimento.
Ao Vos reconhecer em todos os meus caminhos, guiais meus passos. Creio que, confiando em Vós completamente, me mostrareis o caminho da vida. Muito Obrigado. Amém!
 

Louvor Ao Pai (Do Livro de Orações de Dom Cipriano)

Pai Santo, nós Vos louvamos e bendizemos e glorificamos por tudo o que sois e fazeis.
Pelas maravilhas de Vosso amor ( Ágape ), mas sobretudo por essa incrível maravilha de virdes habitar em nossos corações e em nosso ser.
Como nos admiramos de Jesus, como diz a Carta aos Filipenses, ter-se como que esvaziado de sua divindade para se estreitar a viver em nossa natureza humana como homem, exceto o pecado, assim também, Pai, nós achamos incrível, admiramos Vosso amor tão grande, a ponto de virdes habitar em nós.
Quando amamos Jesus, o próprio amor a Jesus já é um reflexo de Vosso Espírito. E assim Vós nos colocais no seio mesmo da Santíssima Trindade.
Esse é o nosso lugar no Vosso plano de amor (Ágape), sentados com Cristo Jesus à vossa direita, a reinar Convosco para todo o sempre. Ó Pai, querido e Santo, tão grande é o Vosso plano para nós.
Incrível! Só Vós mesmo podeis pensar nisso e realizá-lo.
E por tudo isso Vos agradecemos e bendizemos.
Vós sois realmente maravilhoso e bom.
Muito obrigado, Pai! Glória a Vós, Senhor!
Bendito sejais! Glorificado sejas! Muito obrigado, Pai! Amém!
***********************
Facebook Padre Marcelo Rossi:
**Programa Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi: Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
**Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do Padre Marcelo Rossi; procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar). 
*Site Padre Marcelo Rossi = para ouvir o Momento de Fé



Oração de Agradecimento pelo Ano de 2012-Pe Marcelo Rossi


Boa noite irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Ontem (26 de dezembro) o Padre Marcelo Rossi colocou em sua página no Facebook orações de agradecimento a Deus pelo ano que termina. As orações são: Oração de Agradecimento, Oração de Agradecimento pelo Ano de 2012 e a  Oração de agradecimento por mais uma ano que está terminando e pelo ano que está para começar.
Entre você também nesta abençoada corrente de orações de agradecimento a Jesus ouvindo o programa de rádio do Padre Marcelo - Momento de Fé. 
Fiquem com o Amor Ágape de Jesus e o Amor Materno de Nossa Senhora.
Adriana-Devoção e Fé
 
Oração de Agradecimento

Obrigado, meu Senhor, obrigado por me amar tanto.
Com certeza eu não consigo corresponder a todo esse amor (Ágape), mas por favor, veja pelo menos o meu esforço, eu desejo Lhe amar. Ajuda-me a amá-lo.
E ajuda-me a divulgar esta Boa-nova a cada um que eu encontrar.
Ajuda-me a espalhar essa alegria de que Tu és o meu Redentor e Salvador.
Obrigado, Jesus! Obrigado! Amém!


Oração de Agradecimento pelo Ano de 2012

Deus eterno e Todo poderoso. Em nome de Jesus eu quero Vos agradecer este ano que está chegando ao final.
Obrigado meu Deus, por tudo que me destes e por tudo o que sou.
Obrigado por este ano, por tudo de bom que me aconteceu, por tudo o que consegui (diga como foi o seu ano).
Obrigado pelas pessoas com quem tive contato ao longo deste ano, boas ou más.
Obrigado pela vida que me destes. Amém!
Obrigado por tudo, pelo alimento, pelo ar que eu respirei, pela Vossa proteção, e até mesmo pelas coisas que não saíram como eu desejei que saíssem, pois só Vós sabeis o que realmente importa. Obrigado, Jesus por tanto amor (Ágape). Amém!


Oração de agradecimento por mais uma ano 
que está terminando e pelo ano que está para começar

Senhor Jesus, quero lhe agradecer por este ano que passou e Te louvar por este que agora se inicia.
Que Tu possas derramar suas graças sobre toda família, amigos, aqueles que conheço e amo, também sobre toda humanidade.
Que possamos cada dia experimentar do Teu Amor (Ágape).
Amém! Obrigado, Senhor!


***********************
Facebook Padre Marcelo Rossi:
**Programa Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi: Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
**Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do Padre Marcelo Rossi; procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar). 
*Site Padre Marcelo Rossi = para ouvir o Momento de Fé



quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Santo Estêvão-26 de dezembro

Santo Estêvão-26 de dezembro
primeiro mártir

Na história do catolicismo, muitos foram os que pereceram, e ainda perecem, pagando com a própria vida a escolha de abraçar a fé cristã. Essa perseguição mortal, que durou séculos, teve início logo após a Ressurreição de Jesus. O primeiro que derramou seu sangue por causa da fé cristã foi Estêvão, considerado por isso o protomártir.
Vividos os eventos da Paixão e Ressurreição, os Doze apóstolos passaram a pregar o evangelho de Cristo para os hebreus. A inimizade, que estava apenas abrandada, reavivou, dando início às perseguições mortais aos seguidores do Messias. Mas com extrema dificuldade eles fundaram a primeira comunidade cristã, que conseguiu estabelecer-se como um exemplo vivo da mensagem de Jesus, o amor ao próximo.

Assim, dentro da comunidade, tudo era de todos, tudo era repartido com todos, todos tinham os mesmos direitos e deveres. Conforme a comunidade se expandia, aumentavam também as necessidades, de alimentação e de assistência. Assim, os apóstolos escolheram sete para formarem como "ministros da caridade", chamados diáconos. Eram eles que administravam os bens comuns, recolhiam e distribuíam os alimentos para todos da comunidade. Um dos sete era Estêvão, escolhido porque era "cheio de fé e do Espírito Santo".

Porém, segundo os registros, Estêvão não se limitava ao trabalho social de que fora incumbido. Não perdia a chance de divulgar e pregar a palavra de Cristo, e o fazia com tanto fervor e zelo que chamou a atenção dos judeus. Pego de surpresa, foi preso e conduzido diante do sinédrio, onde falsos testemunhos, calúnias e mentiras foram a base de sustentação para a acusação. As testemunhas informaram que Estêvão dizia que Jesus de Nazaré prometera destruir o templo sagrado e que também queria modificar as leis de Deus transmitidas a Moisés.

Num discurso iluminado, Estêvão repassou toda a história hebraica, de Abraão até Salomão, e provou que não blasfemara contra Deus, nem contra Moisés, nem contra a Lei, nem contra o templo. Teria convencido e sairia livre. Mas não, seguiu avante com seu discurso e começou a pregar a palavra de Jesus. Os acusadores, irados, o levaram, aos gritos, para fora da cidade e o apedrejaram até a morte.

Antes de tombar morto, Estêvão repetiu as palavras de Jesus no Calvário, pedindo a Deus perdão para seus agressores. Fazia parte desse grupo de judeus um homem que mais tarde se soube ser o apóstolo Paulo, que, na época, ainda não estava convertido. O testemunho de santo Estevão não gera dúvidas, porque sua documentação é histórica, encontra-se num livro canônico, Atos dos Apóstolos, fazendo parte das Sagradas Escrituras.

Por tudo isso, quando suas relíquias foram encontradas em 415, causaram forte comoção nos fiéis, dando início a um fervoroso culto de toda a cristandade. A festa de santo Estevão é celebrada sempre no dia seguinte ao da festa do Natal de Jesus, justamente para marcar a sua importância de primeiro mártir de Cristo e um dos sete escolhidos dos apóstolos.

Oração a Santo Estêvão I

Ó glorioso Santo Estêvão, primeiro mártir da Igreja, que ao defenderes a Divindade de Cristo perante aos doutores judeus que o haviam crucificado e por estares repleto do Espírito Santo, olhando para o céu, vistes a glória de Deus e Jesus de pé à sua direita, e dissestes: “Eu Vejo os céus abertos e o Filho de pé à direita de Deus”, indignando os judeus que te ouviam e que aos gritos precipitaram-se contra ti e te apedrejaram até a morte, enquanto fazias esta invocação: “Senhor Jesus, recebe meu espírito”, para em seguida, com muito amor, clamares em alta voz: “Senhor, não lhes leve em conta este pecado”.
Por teus merecimentos ó Santo Mártir, intercede por nós junto a Deus, para que nos conceda a constância na fé e no amor ao próximo, até nosso último instante de vida.
Santo Estêvão, rogai por nós!


Oração a Santo Estêvão II

Glória a Santo Estêvão, diácono, cheio do Espírito de Deus! Glória a Santo Estêvão que fostes o primeiro mártir do cristianismo, que morrestes vendo os céus abertos e perdoando os inimigos que vos apedrejavam. Que vosso sangue derramado abençoe meu coração, apagando as brasas das mágoas e ressentimentos! É Jesus quem me pede: «Amai vossos inimigos e fazei o bem a quem vos perseguem». Santo Estêvão, dai-me olhos bons para ver todo o bem de meus inimigos, pois o bom Pai do céu envia o sol e chuva tanto para mim como para os que me prejudicaram. Dai-me forças para louvar a Deus pelas boas qualidades que também eles receberam do alto! Desta forma, aquelas doenças físicas, que são frutos de mágoas e ressentimentos, desaparecerão como a névoa, diante do sol que desponta. Dai-me força para que meu perdão se transforme em bênção para quem me prejudicou e o meu sono será tranqüilo e minha religião, verdadeira. Amém.


Oração a Santo Estêvão III

Glorioso Santo Estêvão, diácono cheio do Espírito Santo, animador das Comunidades, nós vos pedimos que intercedas a Deus por nós, para que consigamos a graça de uma verdadeira conversão a Jesus Cristo e seu projeto. Concede-nos sabedoria e coragem para renovar nossas comunidades, tornando-as uma Igreja a serviço do Reino. Dai-nos força para participarmos sem medo da construção de uma sociedade justa, fraterna e solidária, vivenciando, assim, a paz tão desejada. Guarda nossas famílias de todos os males para que nossos lares sejam verdadeiras igrejas domésticas, onde o Evangelho é anunciado e vivenciado. Tudo isso vos pedimos, por Jesus Cristo, Nosso Senhor. Amém!

Fonte: Paulinas
Paróquia Santo Estêvão



terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Orações de Natal Diante do Presépio-Pe Marcelo Rossi


Boa noite irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Ontem (24 de dezembro) o Padre Marcelo Rossi colocou várias orações para a noite de Natal. As orações são: ORAÇÃO DE NATAL, ORAÇÃO PELA FAMÍLIA NO NATAL, ORAÇÃO DE NATAL II, ORAÇÃO DE NATAL III, ORAÇÃO PARA REZAR NA CEIA DE NATAL EM FAMÍLIA, A CEIA DE NATAL, ORAÇÃO PARA REZAR NA NOITE DE NATAL EM FAMÍLIA, ORAÇÃO PARA REZAR NA NOITE DE NATAL EM FAMÍLIA II,  ORAÇÃO DA FAMÍLIA PARA O NATAL, ORAÇÃO DA FAMÍLIA DIANTE DO PRESÉPIO, ORAÇÃO AO MENINO JESUS NO PRESÉPIO, ORAÇÃO DE CONSAGRAÇÃO AO MENINO JESUS (Fonte: Orações de Poder III), ORAÇÃO - “LEMBRAI-VOS” - Ao Menino Jesus e ORAÇÃO DE CONSAGRAÇÃO AO MENINO JESUS.
Ouça o programa de rádio Momento de Fé e junte-se a esta abençoada corrente de orações.
Fiquem no Amor Ágape de Jesus e no amor materno de Nossa Senhora. 
Adriana-Devoção e Fé

ORAÇÃO DE NATAL

Senhor, nesta Noite Santa, depositamos diante de Tua manjedoura todos os sonhos, todas as lágrimas e esperanças contidos em nossos corações.
Pedimos por aqueles que choram sem ter quem lhes enxugue uma lágrima.
Por aqueles que gemem sem ter quem escute seu clamor.
Suplicamos por aqueles que Te buscam sem saber ao certo onde Te encontrar. Para tantos que gritam paz, quando nada mais podem gritar.
Abençoa, Jesus-Menino, cada pessoa e preenche o coração de todos com o Teu amor (Ágape).
Fica conosco, Senhor! Assim seja! Amém!

ORAÇÃO PELA FAMÍLIA NO NATAL

Senhor, diante de teu presépio venho pedir por minha família.
Abençoa as pessoas que amo onde quer que estejam.
Que dentro de nosso lar habite a confiança de Tua mãe, Maria, o zelo de Teu pai, José, e a inocência de Teu rosto de criança.
Afugenta de nossa casa as dores, lágrimas e angústias causadas por tantos Herodes que lutam por matar nossos sonhos de paz.
Concede-nos a saúde do corpo e da alma, para que possamos cantar Teus louvores a cada dia deste novo ano.
Que nossas portas estejam sempre abertas para Ti, nas visitas que nos fazes em tantos rostos sofridos.
Dá-nos a alegria de Tua presença em nosso lar: o maior de todos os presentes possíveis.
Abençoa minha família neste Natal, Senhor. Amém!

 ORAÇÃO DE NATAL II

Deus, fiel, Tu enviaste ao mundo o Salvador como tinhas prometido ao Teu povo, e encarregaste-O de reunir na unidade todos os Teus filhos dispersos.
Ele é a tua Palavra viva, e o que Ele diz é a paz.
A paz que Tu nos dás através d'Ele, e que nos cabe também a nós construir.
Como no tempo de Isaías, como na época de João Baptista, a voz dos Teus profetas insiste conosco para traçar para Ele, nas terras áridas da humanidade de hoje, um caminho plano.
Endireitar com a verdade as vias tortuosas da mentira, encher com amor (Ágape) os fossos de ódio que separam a família humana, aplaina as montanhas de injustiça que opõem os homens, dar de novo a liberdade aos nossos irmãos que defrontam obstáculos que lhes parecem intransponíveis.
Então a Tua glória revelar-se-á e todos verão que a boca do Senhor falou.
A justiça caminha à sua frente e a paz na senda dos seus passos.
Não deixes a nossa preguiça e o nosso egoísmo atrapalhar o nosso caminho ao encontro de Cristo, nossa paz.
Prepara os nossos corações para o acolhermos; Que Ele nos encontre límpidos e irrepreensíveis na paz.
Isto Te pedimos em nome do próprio Jesus, Teu Filho, Nosso Senhor. Amém!

ORAÇÃO DE NATAL III

Deus, fiel, Tu enviaste ao mundo o Salvador como tinhas prometido ao Teu povo, e encarregaste-O de reunir na unidade todos os Teus filhos dispersos.
Ele é a tua Palavra viva, e o que Ele diz é a paz.
A paz que Tu nos dás através d'Ele, e que nos cabe também a nós construir.
Como no tempo de Isaías, como na época de João Baptista, a voz dos Teus profetas insiste conosco para traçar para Ele, nas terras áridas da humanidade de hoje, um caminho plano.
Endireitar com a verdade as vias tortuosas da mentira, encher com amor (Ágape) os fossos de ódio que separam a família humana, aplaina as montanhas de injustiça que opõem os homens, dar de novo a liberdade aos nossos irmãos que defrontam obstáculos que lhes parecem intransponíveis.
Então a Tua glória revelar-se-á e todos verão que a boca do Senhor falou.
A justiça caminha à sua frente e a paz na senda dos seus passos.
Não deixes a nossa preguiça e o nosso egoísmo atrapalhar o nosso caminho ao encontro de Cristo, nossa paz.
Prepara os nossos corações para o acolhermos; Que Ele nos encontre límpidos e irrepreensíveis na paz.
Isto Te pedimos em nome do próprio Jesus, Teu Filho, Nosso Senhor. Amém!


ORAÇÃO PARA REZAR NA CEIA DE NATAL EM FAMÍLIA

Antes da Ceia de Natal, reúne-se a familia junto ao Presépio.
Acende-se a vela do símbolo que se encontra em cima da mesa e apagam-se as luzes.
Inicia-se a leitura do Evangelho e às palavras «Anuncio-vos uma grande Alegria» acendem-se todas as luzes.
Estrutura da oração:
1. Todos reunidos.
2. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém!
3. Leitura do Evangelho de Lucas ( Lc 2, 8-12 ).
Havia nos arredores uns pastores, que vigiavam e guardavam seu rebanho nos campos durante as vigílias da noite. Um anjo do Senhor apareceu-lhes e a glória do Senhor refulgiu ao redor deles, e tiveram grande temor.
O anjo disse-lhes: Não temais, eis que vos anuncio uma boa nova que será alegria para todo o povo: hoje vos nasceu na Cidade de Davi um Salvador, que é o Cristo Senhor. Isto vos servirá de sinal: achareis um recém-nascido envolto em faixas e posto numa manjedoura.
4. Breve Silêncio
5. Partilha da leitura que se escutou
6. Oração ( rezada por todos ao mesmo tempo ).
Enquanto se reza a oração um elemento da família coloca as palavras ( Justiça; Paz; Alegria e Amor ) junto do Presépio de forma visível por todos.
Jesus, que hoje vens ao mundo para habitar entre nós, nasces no seio da nossa família.
Queremos fazer da nossa casa um pequeno presépio iluminado e aquecido pelo nosso amor ( Ágape ) e a nossa fé em Ti.
Vem, Jesus, e habita na nossa casa!
Faz da nossa família e de cada um de nós fiéis ao Amor ( Ágape ), defensores da Justiça, semeadores da Paz e portadores da Alegria.
Que todos os que passam pela nossa vida sintam a Tua presença.
7. Pai-Nosso, Avé Maria, Glória.


 A CEIA DE NATAL

Oração da ceia de Natal, concertos de corais natalinos e cultos iluminados com velas preenchem o calendário das celebrações modernas do Natal. A oração nos ajuda a comunicar com Deus e ao nos sentarmos para comer a ceia de Natal, queremos reconhecer o nascimento de Jesus.
Apesar de não existir nenhuma oração ou salmo de natal oficial, gostaríamos de encorajá-lo a pensar sobre o que Jesus significa para você e sua família. Fale do fundo do seu coração com o Deus celestial. Aqui está um exemplo:
"Pai Celestial, Obrigado por enviar Seu Filho Jesus à terra.
Não só comemoramos o Seu nascimento na manjedoura, mas também a razão da Sua vinda - Sua morte na cruz. Quero agradecer-Lhe por proporcionar a vida eterna para cada pessoa que escolha aceitar o Seu dom gratuito da salvação.”
"Pai, agradeço-te pela minha família. A vida nem sempre é fácil para nós, mas sabemos que o Senhor está sempre conosco.
Cmo diz a Sua Palavra, o Senhor nunca nos deixará nem nos abandonará.
Obrigado pelo amor que nos une e por sempre atender às nossas necessidades.
Queremos nos aproximar um do outro ainda mais no próximo ano.
Nós te amamos e queremos que nosso tempo de celebração seja inesquecível.
Em nome de Jesus, amém."
Algumas orações podem ser verbais, enquanto outras podem ser na forma de salmos (cânticos de louvor e adoração).
Ao celebrar o Natal, orações dão louvor ao nascimento virginal do Filho de Deus, Jesus Cristo.
Talvez a primeira oração de louvor para o nascimento de Jesus tenha vindo de sua futura mãe, Maria: “E Maria disse: Minha alma glorifica ao Senhor, meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador, porque olhou para sua pobre serva. Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações, porque realizou em mim maravilhas aquele que é poderoso e cujo nome é Santo.
Sua misericórdia se estende, de geração em geração, sobre os que o temem.
Manifestou o poder do seu braço: desconcertou os corações dos soberbos. Derrubou do trono os poderosos e exaltou os humildes.
Saciou de bens os indigentes e despediu de mãos vazias os ricos. Acolheu a Israel, seu servo, lembrado da sua misericórdia, conforme prometera a nossos pais, em favor de Abraão e sua posteridade, para sempre.” ( Lucas 1:46-55 ).
Maria deu glória a Deus por Seu presente para o mundo através dela.
Suas palavras de louvor têm sido repetidas várias vezes em música de coral e hinos.


ORAÇÃO PARA REZAR NA NOITE DE NATAL EM FAMÍLIA

“E a Palavra se fez carne e veio morar entre nós.
Nós Vimos a sua Glória”. João 1,14
Ó Senhor que iluminais esta noite santa com a luz Divina de Vosso filho, Jesus Cristo, que revelou Deus a humanidade, concedei-nos contemplá-lo na sua Glória.
E hoje no silêncio desta noite feliz, quero te adorar, ó pequenino Deus Menino, com o mesmo amor de Tua Mãe.
Quero ouvir Teu Coração que fala ao meu, na sintonia do palpitar.
Tu me falas em tua imagem imutável radiante de inocência, mansidão, simplicidade e pureza.
Vós quisestes nossa pobreza humana para enriquecê-la com tua bondade Divina.
Jesus pequenino concede-nos permanecer criança de alma crescida na sabedoria de coração, na tua Graça.
Despertai nossa consciência e sensibilidade para a partilha e a comunhão fraterna, servindo-nos uns aos outros, como a Ti mesmo, Cristo Nosso Senhor.
Deixamos que esta luz ilumine os nossos corações trazendo paz, esperança e amor.
Que neste Natal e em todos os dias do ano Vindouro, você possa

 ser mensageiro (a) dos ensinamentos de Cristo.
Feliz Natal e um Ano Novo, repleto de realização. Amém!


ORAÇÃO PARA REZAR NA NOITE DE NATAL EM FAMÍLIA II

Jesus nasceu na humanidade de um estábulo, de uma família pobre ( Lc 2,6-7 ); uns singelos pastores são as primeiras testemunhas do acontecimento. Nesta pobreza se manifesta a glória do céu ( Lc 2,8-20 ).
A Igreja não se cansa de cantar a glória desta noite:A Virgem dá hoje à luz o Eterno.
Os anjos e os pastores o louvam, e os magos avançam com a estrela. Porque Tu nasceste para nós, Menino, Deus eterno!
Hoje só será Natal se em Ti e em Tua família nasce de Maria o Senhor Jesus.

INÍCIO DA ORAÇÃO: "Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
O pai de família, ao começar a celebração, diz: Louvemos e demos graças ao Senhor, que tanto amou ao mundo que entregou seu Filho.
Todos: Bendito seja Deus para sempre.
Preces - Outros dois membros da família dirigem as preces:
Neste momento em que reunimos toda a família para iniciar as festa de Natal, dirijamos nossa oração ao Senhor Jesus, Filho de Deus vivo e de Nossa Senhora, que quis ser também filho de uma família humana; digamos:
POR SEU NASCIMENTO, SENHOR, PROTEGE A NOSSA FAMÍLIA.
1. Senhor Jesus, Palavra Eterna, que ao vir ao mundo, anunciou a alegria à terra, alegra nossos corações com a alegria de sua visita.
2. Reconciliador do mundo, que com seu nascimento nos revelastes a fidelidade de Deus-Pai a suas promessas, faz com que sejamos também fiéis às promessas de nosso batismo.
3. Rei do céu e da terra, que por seus anjos anunciou a paz aos homens, conserva em sua paz nossas vidas e que haja paz em nosso país e em todo o mundo.
4. Filho de Nossa Senhora, que quisestes ser Filho de Mulher, nos conceda descobrir que Maria é também nossa Mãe e nos ajude a amá-la com a ternura filial de seu coração.
5. Deus-conosco, que quiseste nascer no seio de uma família, abençoai nosso lar para que nele sempre reine o amor ( Ágape ).
De maneira especial lembra-te das famílias que nestas festas de natal vivem em solidão e dor e faz que sintam o consolo de se descobrirem filhos da grande família de Deus.
Em seguida o pai da família dispõe os presentes para a benção, com as seguintes palavras: O Senhor Jesus nasceu de Nossa Senhora.
O presépio que enfeita nosso lar nos lembra o grande amor do Filho de Deus, que quis habitar entre nós.
Aquilo que ocorreu há dois mil anos, vamos reviver nesta noite Santa (dia santo) no mistério destas festas.
O Senhor Jesus é o mesmo, ontem, hoje e sempre. Que neste Natal fortaleça nossos passos no terceiro milênio cristão.
ORAÇÃO E BENÇÃO- Em seguida o pai da família diz:
Senhor Deus, Nosso pai, que tanto amou ao mundo que entregou seu Filho único nascido de Maria, Nossa Mãe, dignai abençoar este nascimento e a nossa família que está aqui presente, para que as imagens deste Presépio nos ajudem a aprofundar na fé.
Pedimos isso por Jesus, Teu Filho amado, que vive e reina pelos séculos dos séculos. Amém.

ORAÇÃO DA FAMÍLIA PARA O NATAL

"Menino Santo, que vieste ao mundo para nos salvar,estamos reunidos para agradecer o dom e a graça de sermos família.
Em torno desta mesa queremos que nossa vida seja partilha.
Neste ano que passou, procuramos viver a harmonia e a concórdia, mas nem sempre conseguimos, confessamos que somos limitados,que temos nossos pecados.
Hoje, queremos celebrar o perdão,sabemos que a vida é muito curta, não queremos perder tempo cultivando as intrigas e as inimizades.
Por isso, perdoamos a todos os que nos ofenderam e suplicamos o perdão de todos a quem ofendemos.
Menino Deus pedimos também por todos os que não estão aqui hoje,nossos amigos e parentes, inclusive por aqueles que partiram para nunca mais voltar, que sejam todos abençoados.
Senhor afasta deste lar e de nossas vidas, tudo aquilo que não provém de Ti.Purifica nossas almas para que esta festividade
nos transforme em criaturas melhores.
E que sempre em toda circunstância, saibamos reconhecer Tua divindade e poder.Que nossa família jamais se afaste de Ti.
Louvamos e rendemos graças por cada um aqui presente,suas histórias e conquistas. Senhor, nos propomos a construir uma história de amor verdadeira entre nós.
Que no ano que se aproxima possamos todos viver em unidade, sem divisões.Nossa família, Senhor, quer que Tua santa vontade se realize em cada um de nós.Queremos nos consagrar a Teu serviço.
Bem-vindo à nossa casa, Santo Menino, nasce aqui e agora,faze de nós o Teu presépio.Amém!"


ORAÇÃO DA FAMÍLIA DIANTE DO PRESÉPIO

Menino Jesus, Deus que se fez pequeno por nós, diante da cena do Teu nascimento, do presépio, estamos reunidos em família para rezar.
Mesmo que fisicamente falte alguém, em Ti estamos todos juntos.
Olhando Maria, Tua Mãe Santíssima, rezamos pelas mulheres da família, que cada uma delas acolha com amor (Ágape) a palavra de Deus, sem medo e sem reservas, que elas lutem pela harmonia e paz em nossa casa.
Vendo Teu pai adotivo, São José, pedimos ó Menino Deus, pelos homens desta família, que eles transmitam segurança e proteção, estejam sempre atentos às necessidades mais urgentes, que saibam proteger nossos lares de tudo que não provém de Ti.
Diante dos pastores e reis magos, pedimos por todos nós, para que saibamos render-Te graças, louvar-Te sempre em todas as circunstâncias, e que não nos cansemos de procurar-Te, mesmo por caminhos difíceis.
Menino Jesus, contemplando Tua face serena, Teu sorriso de criança, bendizemos Tua ação em nossas vidas.
Que nesta noite santa, possamos esquecer as discórdias, os rancores, possamos nos perdoar.
Jesus querido, abençoa nossa família, cura os enfermos que houver, cura as feridas de relacionamentos.
Fazemos hoje o propósito de nos amar mais.Que neste Natal a benção divina recaia sobre nós. Amém!

ORAÇÃO AO MENINO JESUS NO PRESÉPIO
 (Fonte: Orações de Poder III) 

Eu Vos adoro, verbo Encarnado, verdadeiro Filho de Deus desde a eternidade e verdadeiro Filho de Maria Virgem na plenitude dos tempos.
Adorando Vossa divina Pessoa e a humanidade que Vos está unida, não posso deixar de venerar o pobre berço em que Vos reclinastes ainda menino e que verdadeiramente foi o primeiro trono do Vosso amor (Ágape).
Possa eu prostrar-me diante dele com a simplicidade dos pastores, com a fé de São José, com a caridade da bem-aventurada Virgem Maria!
Seja-me permitido também inclinar-me a adorar, com espírito de mortificação, de pobreza e de humildade, um tão precioso monumento da Vossa salvação, em que Vós, embora Senhor do céu e da terra, escolhestes um presépio para receptáculo dos Vossos pobres membros!
E Vós, ó Senhor, que, apenas recém-nascido, Vos dignastes repousar neste berço, dignai-Vos também derramar no meu coração uma gota daquele júbilo, que deveriam produzir não só a vista de Vossa amável infância, mas tambem os portentos que acompanharam o Vosso nascimento.
Em virtude desta alegria, enfim, Vos suplico que concedais todas as graças e toda a glória ao Pai e ao Espírito Santo, que Convosco vive e reina como um só Deus pelos séculos dos séculos. Assim Seja! Amém.

ORAÇÃO - “LEMBRAI-VOS” - Ao Menino Jesus
(Fonte: Livro Orações de Poder III)

Lembrai-Vos, ó Divino Menino Jesus, da consoladora promessa que fizestes à venerável Margarida do Santíssimo Sacramento:
“Recorrei a Meu Coração divino. Pedi tudo quanto quiserdes pelos méritos de Minha infância, e nada vos será recusado.”
Cheio de confiança em Vós, ó Menino Jesus, eu venho expor-Vos as minhas necessidades.
Ajudai-meaa levar uma vida santa, a fim de chegar à feliz eternidade.
Concedei-me, pelos méritos de Vossa encarnação e de Vossa infância, pela intercessão de Vossa santa Mãe e do glorioso patriarca São José, a graça que ardentemente Vos peço (Coloque aqui sua intenção no Colo do Menino Jesus).
Ó Menino Jesus, não serei confundido em minha esperança!
Lanço-me nos braços de Vossa misericordiosa onipotência. Em virtude de Vossa divina promessa, estou certo de que acolheis favoravelmente as minhas orações e Vos dignareis atendê-las segundo a Tua vontade. Amém!

Jaculatória: Menino Jesus, eu confio em Vós.

Ó meu Salvador e Deus, mostrai a força de Vossa infância e o poder de Vosso berço! (repetir 12 vezes)


ORAÇÃO DE CONSAGRAÇÃO AO MENINO JESUS
(Fonte: Livro Orações de Poder III)

Ó divino Menino Jesus, verdadeiro Filho da Santíssima Virgem Maria, eu Vos saúdo, eu Vos amo e Vos adoro.
Sob a proteção de Nossa Senhora e de São José, consagro-me inteiramente a Vós.
Abençoai-me, ó meu Redentor, e ensinai-me a imitar Vossas virtudes e exemplos.
Que o Vosso Sagrado Coração seja a minha força durante a vida e o meu consolo na hora da morte. Amém!
(Madre Eugenia Elisabetta Ravasio)


***********************
Facebook Padre Marcelo Rossi:
**Programa Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi: Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
**Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do Padre Marcelo Rossi; procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar). 
*Site Padre Marcelo Rossi = para ouvir o Momento de Fé



Feliz Natal! Adoremos Nosso Salvador!

Boa noite irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Desejo a todos um Santo Natal, que a Luz de Jesus Nosso Senhor e Salvador os ilumine com paz, esperança e amor.
Adriana-Devoção e Fé


Cristãos, Vinde Todos

Cristãos, vinde todos, com alegres cantos.
Oh! Vinde, oh! Vinde até Belém.
Vede nascido, vosso rei eterno.

Oh! Vinde adoremos, Oh! Vinde adoremos,
Oh! Vinde adoremos o salvador!

Humildes pastores deixam seu rebanho
e alegres acorrem ao rei do céu.
Nós, igualmente, cheios de alegria.

O Deus invisível de eterna grandeza,
sob véus de humildade, podemos ver.
Deus pequenino, Deus envolto em faixas!

Nasceu em pobreza, repousando em palhas.
O nosso afeto lhe vamos dar. Tanto amou-nos!
Quem não há de amá-lo?


Oração pela família no Natal

Senhor, diante de teu presépio
venho pedir por minha família.
Abençoa as pessoas que amo
onde quer que estejam.
Que dentro de nosso lar habite
a confiança de tua mãe, Maria,
o zelo de teu pai, José,
e a inocência de teu rosto de criança.
Afugenta de nossa casa as dores,
lágrimas e angústias causadas por
tantos Herodes que lutam por
matar nossos sonhos de paz.
Concede-nos a saúde do corpo e
da alma, para que possamos cantar
teus louvores a cada dia deste novo ano.
Que nossas portas estejam sempre
abertas para ti, nas visitas que nos fazes
em tantos rostos sofridos.
Dá-nos a alegria de tua presença em
nosso lar: o maior de todos os presentes possíveis.
Abençoa minha família neste Natal, Senhor.

Amém.




domingo, 23 de dezembro de 2012

Visitação-4° Domingo do Advento

Visitação
4° Domingo do Advento
Evangelho de Lc 1,39-45

Naqueles dias, Maria pôs-se a caminho para a região montanhosa, dirigindo-se apressadamente a uma cidade de Judá. Entrou na casa de Zacarias e saudou Isabel. Ora, quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança lhe estremeceu no ventre e Isabel ficou repleta do Espírito Santo. Com um grande grito, exclamou: "Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto de teu ventre! Donde me vem que a mãe do meu Senhor me visite? Pois quando a tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança estremeceu de alegria em meu ventre. Feliz aquela que creu, pois o que lhe foi dito da parte do Senhor será cumprido!".

Duas mães que, cada uma a seu modo, cantam um hino à vida. A primeira cena é dominada por Isabel e pelas suas palavras; dois eventos causam e explicam essas palavras. O primeiro, aparentemente comum, é a chegada de Maria à casa de Zacarias, com a consequente saudação dirigida a Isabel. A saudação dá origem ao segundo evento, o salto do menino de Isabel, que parece reconhecer a voz de Maria e, mais ainda, para se relacionar com aquele que Ela traz em seu seio.

O encontro das duas mães é a ocasião para o encontro dos dois filhos que trazem no seio, João e Jesus. Há uma percepção que se reflete num pulo de alegria. As duas mães são "arcas santas", "ostensórios sagrados" de dois seres destinados um a esboçar o caminho, outro a ser Ele mesmo o caminho. A cena, embora dominada pelas duas mães, tem o seu  fundamento na percepção que João tem de Jesus e no implícito reconhecimento da sua grandeza.

Efetivamente as palavras de Isabel documentam que a densidade teológica atravessa os "concebidos" mais do que as mães. Através da expressão "entre mulheres",  Maria é celebrada por causa da sua função ou carisma (ser "mãe do Senhor") e pela sua decisão incondicional para essa vocação. A Ela são reservadas uma bênção ("você é bendita") e uma bem-aventurança ("bem aventurada") (vv. 42-43).

A bênção é um dom que tem relação com a vida; podemos dizer que a riqueza fundamental da bênção é a da vida e da fecundidade. Vemos bem isso em nosso trecho, onde a bênção para o filho é colocada junto com a bênção para Maria: "e é bendito o fruto do teu ventre". A bênção provém de Deus e a Ele retorna agora sob forma de invocação e de oração; é reconhecer aquilo que Ele fez.

A bem-aventurança do v. 45, a primeira no evangelho de Lucas, certifica a adesão de Maria à vontade divina. Portanto, Ela não é somente destinatária privilegiada de um secreto desígnio que a faz bendita, mas também pessoa responsável que aceita e adere. Maria não é uma criatura que sabe, mas uma criatura que vê.

Fonte: Revista O Mílite - dezembro/2012



sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Papa: "Viver o Natal com humildade e fé de Nossa Senhora"

  
Papa: "Viver o Natal com a humildade de Nossa Senhora"

A audiência geral desta quarta-feira, 19 de dezembro, realizou-se na Sala Paulo VI. Nesta III semana do tempo de Advento, o Papa apresentou aos fiéis uma reflexão sobre a fé de Maria a partir do grande mistério da Anunciação.

Bento XVI começou lembrando que o anjo convidou a Virgem a se alegrar, chamando-a “cheia de graça”. Tal saudação anuncia o fim da tristeza que existe no mundo diante dos limites da vida, do sofrimento, da morte, da maldade, das trevas do mal que parece obscurecer a luz da bondade divina. “É uma saudação que marca o início do Evangelho, da Boa Nova” – prosseguiu o Pontífice.

“A fonte da alegria de Maria é a graça, a comunhão com Deus. Ela é a criatura que, mediante sua atitude de escuta da palavra e da obediência, abriu de modo único as portas a seu Criador, colocando-se em suas mãos, sem limites”.

“Assim como Abraão, Nossa Senhora também confiou plenamente na divina Palavra, convertendo-se em modelo e mãe de todos os cristãos. E do mesmo modo, sua fé também incluiu um momento de incerteza - as trevas da crucificação de seu Filho – antes de chegar à luz da Ressurreição”.


O Papa explicou que o mesmo ocorre no caminho de fé de cada um de nós: existem momentos de luz e passagens onde parece que Deus está ausente; seu silêncio pesa em nossos corações e sua vontade não corresponde à nossa. “Mas – ressalvou Bento XVI – quanto mais nos abrirmos a Deus, acolhermos o dom da fé e depositarmos Nele a nossa confiança – como fizeram Abraão e Maria – mais Ele nos ajudará a viver as situações da vida em paz e com a certeza de sua fidelidade e de seu amor. Isto acarreta que saiamos de nós mesmos e de nossos projetos e deixemos que a Palavra de Deus seja a lâmpada que guie nossos pensamentos e ações”.

“A fé sólida de Maria foi possível graças à sua atitude constante de diálogo íntimo com a Palavra de Deus, à sua humildade profunda e obediente, que aceitou tudo, até o que não compreendia da ação de Deus” – recordou o Papa.

Finalizando, Bento XVI disse que a solenidade do Natal nos convida a viver esta mesma humildade e obediência de fé. “A glória de Deus não se manifesta no triunfo e no poder do Rei, não resplandece numa cidade famosa, num suntuoso palácio, mas habita no ventre de uma virgem, se revela na pobreza de um menino”.

Como faz todas as quartas-feiras, Bento XVI leu aos fiéis breves resumos de sua catequese em várias línguas, inclusive português. Estas foram as suas palavras:

“No caminho do Advento, ocupa um lugar especial a Virgem Mãe, que acolheu na fé e na carne Jesus, o Filho de Deus. N’Ela vemos a criatura que, de modo incomparável, abriu de par em par as portas ao seu Criador, submetendo-Se livremente à vontade divina na obediência da fé: adere com plena confiança à palavra que Lhe anuncia o Mensageiro de Deus. E este «sim» de Maria à vontade divina repete-se ao longo de toda a sua vida até ao momento mais difícil: o da Cruz. Ela não se contenta com uma percepção imediata e superficial do que sucede na sua vida, mas entra em diálogo íntimo com a Palavra de Deus e deixa-se interpelar pelos acontecimentos, procurando a compreensão que só a fé pode garantir. Maria acolhe mesmo aquilo que não compreende do agir divino, deixando que seja Deus a abrir-Lhe o coração e a mente. Assim se tornou modelo e mãe de todos os crentes. Pela sua fé, todas as gerações A chamarão bem-aventurada”.

“Amados peregrinos de língua portuguesa, a minha saudação amiga para todos, com votos de um santo Natal de Jesus no coração e na família de cada um, pedindo a mesma humildade e obediência da fé de Maria e José, que vos faça ver, na força indefesa daquele Menino, a vitória final sobre todos os arrogantes e rumorosos poderes do mundo. Bom Natal!”.

Antes de se despedir dos fiéis, o Papa concedeu a todos a sua bênção. A próxima audiência geral de Bento XVI com os fiéis será em 2 de janeiro de 2013.

Fonte: CNBB



Oração da Família, Pedindo a Intercessão da Sagrada Família-Pe Marcelo Rossi

Boa noite irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!
Hoje (21 de dezembro) continuando com a semana de orações pela união das famílias, o Padre Marcelo Rossi trouxe a Oração De Intercessão Pela União Na Família e Oração da Família, Pedindo a Intercessão da Sagrada Família.
Ouça o programa de rádio Momento de Fé e junte-se a esta abençoada corrente de orações pela união de nossas famílias.
Fiquem no Amor Ágape de Jesus e no amor materno de Nossa Senhora. 
Adriana-Devoção e Fé

Oração De Intercessão Pela União Na Família

Senhor Deus ajuda-me a ser um instrumento de bondade e amor-Ágape em minha família.
Ajuda-me a ser paciente e misericordioso com aqueles que o Senhor me confiou.
Ajuda-me a protegê-los como o Senhor nos protege das adversidades e dores.
Ajuda-me para que eles vejam em mim a Tua bondade e o Teu amor-Ágape através de meus atos.
Não deixe Senhor Jesus que eu não reflita em minha família a misericórdia, e o amor que desejas que eu reflita.
Corrije meus atos que não Te agradam, conduz-me a paz e descanso que é ao Teu lado.
Conduz-me em caminhos retos e perfeitos, para que eu seja um exemplo a ser seguido, e não esquecido.
Senhor fazei com que o Amor-Ágape que há em Ti preencha o coração de minha família, fortalecendo-nos com um só desejo, de estarmos próximos e felizes convivendo diariamente com nossos desafios a serem vencidos e juntos buscarmos um só propósito, o amor incondicional.
SEJA O SENHOR JESUS AQUELE QUE NOS ABENÇOA. AMÉM!!


Oração da Família, 
Pedindo a Intercessão da Sagrada Família

Ó Sagrada Família de Jesus, que durante vossa peregrinação terrestre enfrentastes perseguições, provações e dificuldades, sabendo superá-las pela perserverança, pela oração e pela fé, velai por nossa família.
Ó bondoso São José, querida Virgem Maria e amado Jesus, ajudai-nos para que possamos vencer as provações dos dias de hoje, e que, finalmente livres das tribulações, possamos ser mais humildes, obedientes e fiéis aos mandamentos de Deus, procurando fortalecer-nos e participarmos com maior freqüência, dos preciosos sacramentos da Reconciliação e da Eucaristia. Amém! 


 ***********************
Facebook Padre Marcelo Rossi:
**Programa Nosso Momento de Fé com Padre Marcelo Rossi: Rádio Globo Am/FM (ou internet) de segunda a sábado, das 9:05 às 10:05hs
**Se você não pode ouvir no horário, escute o programa gravado diariamente no site do Padre Marcelo Rossi; procure por Web Radio e clique escute (se for sua primeira vez, o site pedirá para você se cadastrar). 
*Site Padre Marcelo Rossi = para ouvir o Momento de Fé



Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé