Solenidade dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo - Devoção e Fé - Blog Católico

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Solenidade dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo


A Mãe Igreja celebra no dia 29 de junho a Solenidade dos Santos Pedro e Paulo, mas por determinação da Santa Sé, a Igreja no Brasil, transfere esta solenidade para o Domingo seguinte. Celebrar São Pedro e São Paulo significa também celebrar o Dia do Papa, sucessor dos apóstolos e guia de toda Igreja.


Pedro, simples pescador, foi escolhido por Cristo para ser o seu representante visível na condução da sua Igreja alicerçada sobre a vida, morte e ressurreição de Jesus, a Rocha firme; a Pedra Angular aqui na terra. Ele representa a ligação da comunidade cristã com a herança espiritual do Judaísmo. Cristo muda o seu nome de Simão (caniço rachado) para Pedro (pedra), justamente para realizar em sua pessoa o tema da pedra fundamental. 


Jesus pergunta aos seus discípulos (depois de se informar do que sobre ele corria entre o povo): "E vós, quem pensais que sou eu?". Simão Pedro, respondendo, disse: "Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo". Jesus respondeu-lhe: "Bem-aventurado és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi carne ou sangue que te revelaram isso, e sim Meu Pai que está nos céus. Também Eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei Minha Igreja e as portas do Hades nunca prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus e o que ligares na terra será ligado nos céus. E o que desligares na terra será desligado nos céus".

Ao dizer a Pedro estas palavras: "Eu te darei as chaves do Reino dos Céus e o que ligares na terra será ligado nos céus. E o que desligares na terra será desligado nos céus" Jesus dá a Pedro o seu próprio poder a sua própria autoridade. É o poder do Cristo transmitido para Pedro, para o nosso Papa, para a Santa Igreja Católica. Amemos nosso Papa, amemos nossa Igreja, sejamos fiéis ao nosso Batismo. Jesus confia a Pedro a responsabilidade de dar seguimento à Igreja fundada por Ele. Hoje essa missão pertence ao Papa, que é o sucessor legitimo do Apostolo Pedro, essa missão é nossa também, porque somos Igreja por meio do Batismo. Temos a responsabilidade de fazer da Igreja o rosto vivo de Cristo no meio da humanidade.
Paulo após uma visão, um encontro verdadeiro com Jesus Ressuscitado em que o deixou temporariamente cego, passou de perseguidor dos cristãos a um incansável pregador do Evangelho. Ele representa a orientação universal do Evangelho e da ação missionária da Igreja. Ambos são considerados fundadores da Igreja de Roma, conhecida como “sede de Pedro”; ela também é a “sede de Paulo”, que ali também derramou seu sangue por Jesus.

Os apóstolos Pedro e Paulo têm um significado muito especial para nós, pois seu papel foi determinante na difusão do Evangelho e na configuração da Igreja nascente e do próprio Cristianismo. É sempre bom lembrar que o Evangelho de Jesus chegou até nós pela pregação e o testemunho dos apóstolos. Nossa Igreja é “católica e apostólica”, pois ela foi edificada sobre o ensinamento dos apóstolos e manteve, de maneira nunca interrompida, sua fidelidade à fé por eles transmitida. Somos parte desse imenso povo que crê em Jesus Cristo, com os apóstolos, e como eles creram. Como eles, também nós somos convidados a ser ardorosos discípulos e missionários de Jesus Cristo.

 
Pálio e Óbolo de São Pedro

Todos os anos, na solenidade de São Pedro e São Paulo, durante uma cerimônia singela, o Papa entrega o pálio aos novos arcebispos metropolitas, nomeados depois de 29 de junho do ano precedente. O pálio, uma espécie de colarinho de lã branca, com cerca de 5 cm de largura e dois apêndices – um na frente e outro nas costas, com 6 cruzes bordadas ao seu longo, é uma peça da indumentária litúrgica usada pelos arcebispos durante as celebrações nas suas próprias sedes episcopais e simboliza a especial vinculação deles com o Sucessor de São Pedro e com a inteira Igreja fundada sobre a “rocha” de Pedro. Para destacar ainda mais esse significado, os pálios, antes de serem entregues, ficam depositados sobre o túmulo de São Pedro, na cripta da basílica vaticana.

Na comemoração dos apóstolos Pedro e Paulo, desde antiga tradição, realiza-se em todo o mundo católico a coleta chamada “do óbolo de São Pedro”; os filhos da Igreja são convidados a fazer uma generosa oferta destinada a apoiar a caridade da Igreja, feita através do Papa, em todo o mundo. Trata-se de uma das 3 coletas anuais para as necessidades e iniciativas universais da evangelização. Com o seu fruto, o Papa pode manifestar a solidariedade concreta da Igreja em muitas situações de sofrimento e promover a evangelização em lugares onde a presença da Igreja ainda é frágil, ou mesmo inexistente.

Para Saber Mais: Pálio

Fonte:   http://noticias.cancaonova.com/



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Irmãos e irmãs de fé. Paz e Bem!
Nosso único mestre e senhor é Jesus Cristo, nossa mãe no céu a Santíssima Virgem Maria, por isso, comentários desrespeitosos e orações que não condizem com a Igreja Católica Apostólica Romana não serão publicadas.

Que Deus vos abençoe, que Nosso Senhor Jesus Cristo lhes conceda a graça da cura, da resolução dos problemas, a paz e tudo que seu coração aflito suplicar. Tenha Fé e persevere na Oração, pois o Tempo de Deus é diferente do nosso. Deixe o amor de Nosso Senhor tocar sua vida.
Que Nossa Santíssima Mãe vos cubra com o manto de amor e proteção. Amém.

Adriana dos Anjos - Devoção e Fé Blog

Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé